SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18Autismo associado à síndrome de deleção do cromossomo 12q24.31-q24.33: relato adicional de um distúrbio extremamente raroMiocardite na COVID-19: um relato de caso índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Einstein (São Paulo)

versão impressa ISSN 1679-4508versão On-line ISSN 2317-6385

Resumo

AMARAL, Lucas Tadashi Wada et al. Sintomas abdominais como manifestação inicial da COVID-19: uma série de casos. Einstein (São Paulo) [online]. 2020, vol.18, eRC5831.  Epub 16-Out-2020. ISSN 2317-6385.  https://doi.org/10.31744/einstein_journal/2020rc5831.

A COVID-19 foi declarada uma pandemia no início de 2020. Constatou-se, inicialmente, que as principais manifestações desse novo vírus ocorrem por meio de sintomas respiratórios e constitucionais. A tomografia do tórax foi eleita o exame de imagem para avaliar a extensão do comprometimento pulmonar e como um fator preditivo do prognóstico para a doença. No entanto, à medida que novos estudos são produzidos, o envolvimento gastrointestinal da COVID-19 torna-se mais evidente, com relatos de pacientes que manifestaram principalmente ou apenas sintomas gastrointestinais no decorrer da doença. Em alguns casos, a investigação inicial é realizada no pronto-socorro, com tomografia computadorizada do abdome. Relatamos uma série de casos de dez pacientes que compareceram ao serviço de emergência da instituição com uma queixa principal gastrointestinal e foram submetidos inicialmente a uma tomografia computadorizada de abdome como primeira investigação. Embora a maioria dos pacientes não tenha apresentado alterações significativas nas imagens abdominais, eles apresentaram achados pulmonares visualizados nas bases pulmonares, que depois foram caracterizadas como achados pulmonares típicos de COVID-19 nas tomografias de tórax subsequentes. Apenas um paciente apresentou achados atípicos para COVID-19 na tomografia. Todos os pacientes tiveram reação em cadeia da polimerase em tempo real positiva para o novo coronavírus. É muito importante alertar os radiologistas, principalmente os radiologistas abdominais, da possibilidade de sintomas gastrointestinais isolados no contexto da COVID-19. Além disso, deve ser um hábito para todos os radiologistas avaliar as bases pulmonares nas tomografias de abdome, local comumente afetado pela COVID-19.

Palavras-chave : COVID-19; Infecções por coronavírus; Tomografia computadorizada por raios X; Tórax/diagnóstico por imagem; Gastroenteropatias/diagnóstico por imagem; Abdome/diagnóstico por imagem.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )