SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.2 número2Compositional change in fish assemblages along the Andean piedmont - Llanos floodplain gradient of the río Portuguesa, VenezuelaHyphessobrycon melanopleurus uruguayensis Messner, 1962, an available name and a senior synonym of Cyanocharax macropinna Malabarba & Weitzman, 2003 (Ostariophysi: Characidae) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Neotropical Ichthyology

versão impressa ISSN 1679-6225versão On-line ISSN 1982-0224

Resumo

CARVALHO, Lucélia Nobre; ARRUDA, Rafael  e  DEL-CLARO, Kleber. Host-parasite interactions between the piranha Pygocentrus nattereri (Characiformes: Characidae) and isopods and branchiurans (Crustacea) in the rio Araguaia basin, Brazil. Neotrop. ichthyol. [online]. 2004, vol.2, n.2, pp.93-98. ISSN 1982-0224.  https://doi.org/10.1590/S1679-62252004000200006.

Nos trópicos, os estudos sobre a ecologia de interações parasito-hospedeiro são incipientes, sendo a maioria de cunho taxonômico. O principal objetivo do presente estudo foi identificar a fauna metazoária de ectoparasitas e analisar aspectos ecológicos da piranha Pygocentrus nattereri. As coletas foram realizadas em maio de 2002, na bacia do rio Araguaia, GO. Com o auxílio de linha e anzol foram capturados 252 exemplares de P. nattereri, dos quais 32,14% estavam infestados por crustáceos ectoparasitos. As espécies de ectoparasitas registradas foram Argulus sp. e Dolops carvalhoi (Branchiura) e Braga patagonica, Anphira branchialis e Asotana sp. (Isopoda). A prevalência e a intensidade média de branquiúros (16,6% e 1,5, respectivamente) e isópodos (15,5% e 1,0, respectivamente) foram similares. Isópodos foram observados nas brânquias do hospedeiro; os branquiúros foram mais freqüentes na região ventral, base da nadadeira peitoral e região gular. Nessas áreas, a pele é mais fina, facilitando a fixação e alimentação do parasita. As correlações entre o comprimento padrão do hospedeiro e as variáveis intensidade e prevalência de parasitismo foram significativas apenas para branquiúros (rs= 0, 2397, p= 0,0001; c2 = 7,97; C= 0, 19, respectivamente). Os resultados sugerem que os sítios de alimentação e o tamanho corporal dos ectoparasitos provavelmente têm um papel importante na sua distribuição e abundância.

Palavras-chave : Serrasalminae; Cymothoidae; Argulidae; ectoparasitism; Amazon basin.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons