SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 issue4A massive invasion of fish species after eliminating a natural barrier in the upper rio Paraná basinReproductive biology of the Neotropical electric fish Brachyhypopomus draco (Teleostei: Hypopomidae) from southern Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Neotropical Ichthyology

Print version ISSN 1679-6225

Abstract

GONZALEZ, Nirson; LASSO, Carlos  and  ROSALES, Judith. Stability and spatio-temporal structure in fish assemblages of two floodplain lagoons of the lower Orinoco River. Neotrop. ichthyol. [online]. 2009, vol.7, n.4, pp. 719-736. ISSN 1679-6225.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-62252009000400022.

Foram analisadas a estrutura e a variabilidade da comunidade de peixes ao longo de um ciclo hidrológico em dois lagos (Arhuacas e Cardonales) da planície de inundação do baixo rio Orinoco. Amostragens trimestrais foram realizadas por meio de coletas contínuas durante três dias, utilizando-se redes de espera experimentais (5 a 12,5 cm de malha) e redes de arrasto (1 mm de malha), de acordo com os tipos de habitats presentes. Foi encontrado um total de 133 espécies de peixes em Arhuacas e 95 espécies em Cardonales. Cinquenta e cinco espécies foram exclusivas do lago Arhuacas, 17 do lago Cardonales, e 77 foram comuns a ambos os lagos. Em Arhuacas, as ordens mais ricas em espécies foram Characiformes, Siluriformes, Perciformes e Gymnotiformes; em Cardonales, foram Characiformes, Siluriformes, Clupeiformes e Perciformes. A riqueza, abundância e biomassa foram significativamente mais altas (p < 0.001) em Arhuacas que em Cardonales. A comunidade de peixes teve alta variação durante a fase de cheia e permanceu moderadamente estável durante fase de seca em ambos os lagos, com mais estabilidade ou menos variabilidade durante todas as fases do ciclo hidrológico em Cardonales que Arhuacas. Ademais, houve diferenças significativas nas comunidades ícticas entre os dois lagos, em especial durante o período da seca (ANOSIM; p < 0.001). As espécies que mais contribuíram para a dissimilaridade média entre os lagos foram Hypostomus argus, Aphanotorulus ammophilus, Potamorhina altamazonica, Prochilodus mariae, Loricaria gr. cataphracta, Oxydoras sifontesi, Hydrolycus armatus, Hyphopthalmus edentatus e Pterodoras rivasi. As últimas quatro espécies foram geralmente mais coletadas em Cardonales. As espécies pequenas (principalmente SL < 5 cm), como Rhinosardinia amazonica, Moenkhausia sp. 1 "lepidura", Moenkhausia sp. 2, Aphyocharax alburnus, Characidium sp. 1, Moenkhausia sp. 3, Exodon paradoxus e Roeboides dientonito, foram as que mais contribuiram para a dissimilaridade média entre os habitats de praia e de vegetação aquática. Os padrões de organização da comunidade foram relacionados à dinâmica das inundações. Assim, associações não aleatórias (i. e., determinísticas) entre espécies relacionadas à seleção de habitats e/ou interações biológicas foram, aparentemente, mais comuns durante o período de seca, quando há aumento da densidade de peixes e, por conseguinte, intensificação das interações bióticas. Por outro lado, associações aleatórias pareceram ser mais comuns durante o período de cheia, quando as espécies estão mais dispersas no ambiente.

Keywords : Neotropical; Freshwater; Communities; Seasonality; Venezuela.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English