SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue2Mutilating predation in the Cheirodontinae Odontostilbe pequira (Characiformes: Characidae)Spatial distribution and diet of Cephalopholis fulva (Ephinephelidae) at Trindade Island, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Neotropical Ichthyology

Print version ISSN 1679-6225

Abstract

GIBRAN, Fernando Zaniolo  and  MOURA, Rodrigo Leão de. The structure of rocky reef fish assemblages across a nearshore to coastal islands' gradient in Southeastern Brazil. Neotrop. ichthyol. [online]. 2012, vol.10, n.2, pp. 369-382.  Epub June 28, 2012. ISSN 1679-6225.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-62252012005000013.

Assembleias locais de peixes associados a recifes são influenciadas pela interação entre a disponibilidade de larvas e recrutas e as forças bióticas e abióticas que operam após o recrutamento, assim como por perturbações periódicas e episódicas de diversos tipos e magnitudes. Dessa forma, além de serem estruturalmente heterogêneos e irregularmente distribuídos, os sistemas recifais são altamente dependentes do contexto em que se inserem. Com o objetivo de compreender interações de fatores locais que influenciam a distribuição e abundância de peixes recifais em um mosaico costeiro de recifes rochosos, testamos a hipótese nula de inexistência de variação significativa na estrutura dessas assembleias através da comparação de 33 sítios da costa norte do Estado de São Paulo, Sudeste do Brasil. Foram obtidas amostras replicadas de censos visuais (n = 396) em diferentes distâncias da costa, profundidades e exposições ao batimento de ondas, incluindo o continente, as duas margens do Canal de São Sebastião, a Ilha de São Sebastião (~350 km2) e três ilhas costeiras menores e mais afastadas da costa, totalizando 225 h de amostragens subaquáticas. Foram registradas 106 espécies (41 famílias) de peixes recifais, com preponderância de invertívoros diurnos. Amostras da margem externa da Ilha de São Sebastião, juntamente com as das ilhas de Alcatrazes, Búzios e Vitória foram significativamente diferentes das da costa e do Canal, com uma clara tendência de aumento na riqueza de espécies do continente para as ilhas. A distância da costa e a profundidade foram as variáveis com maior influência sobre as assembleias de peixes, seguidas pela transparência da água, temperatura e cobertura bentônica. Este é o primeiro levantamento das assembleias de peixes associados a recifes rochosos no Estado de São Paulo, preenchendo uma grande lacuna geográfica no conhecimento sobre peixes recifais no Atlântico Sul. Além disso, como a região estudada está sob ampliação da infra-estrutura portuária e de exploração de petróleo e gás, bem como sob forte pressão de pesca comercial e recreativa, a compreensão dos fatores que influenciam a distribuição e abundância de organismos recifais é essencial para o planejamento de ações de monitoramento, conservação e gestão costeira.

Keywords : Coastal management; São Paulo coast; São Sebastião Channel; South Atlantic; Species richness.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English