SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número2Reproductive biology of the eyespot skate Atlantoraja cyclophora (Elasmobranchii: Arhynchobatidae) an endemic species of the Southwestern Atlantic Ocean (34ºS - 42ºS)Contributions to the systematic of Pimelodidae (Osteichthyes, Siluriformes): basic and molecular cytogenetics on seven species of Pimelodus from three Brazilian hydrographic systems índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Neotropical Ichthyology

versão impressa ISSN 1679-6225versão On-line ISSN 1982-0224

Resumo

TOLUSSI, Carlos E. et al. Mobilization of energetic substrates in the endangered catfish Steindachneridion parahybae (Siluriformes: Pimelodidae): changes in annual reproductive cycle in captivity. Neotrop. ichthyol. [online]. 2018, vol.16, n.2, e170120.  Epub 25-Jun-2018. ISSN 1982-0224.  https://doi.org/10.1590/1982-0224-20170120.

O objetivo deste estudo foi analisar a composição do substrato energético (SE) nos principais tecidos de armazenamento de Steindachneridion parahybae, durante todo o ciclo reprodutivo em cativeiro. Diferentemente do ambiente natural, em cativeiro, a alimentação desses animais não é interrompida durante o período reprodutivo, as fêmeas não desovam espontaneamente, e são sedentárias. Fêmeas adultas foram amostradas mensalmente e baseada na histologia e no índice gonadossomático (IGS), os ovários foram classificados: estádios pré-vitelogênico (PRV), vitelogênico (VTG) e regressão (REG). Os ovários no estádio VTG apresentaram uma maior concentração de lipídeos e proteínas em relação ao estágio PRV. Esses substratos correlacionaram-se positivamente com o IGS. O músculo foi a principal fonte de proteína transferida aos ovários, como foi confirmado pela análise de correlação negativa entre esses órgãos. Os lipídeos mantiveram-se inalterados no fígado, considerado um importante órgão fornecedor de lipídeos para a vitelogênese, padrão que possivelmente ocorreu devido à contínua alimentação. A concentração do glicogênio muscular foi mais elevada durante os estágios VTG e REG em relação ao PRV. A concentração de triglicerídeos plasmática apresentou maiores valores no estádio REG enquanto a concentração de glicose no plasma foi maior durante os estádios VTG. Esses resultados sugerem que com alimentação constante, as fêmeas de S. parahybae apresentam um distinto padrão de mobilização dos substratos energéticos em relação ao que já foi descrito para outras espécies potamódromas de ambiente natural.

Palavras-chave : Ciclo reprodutivo; Glicogênio; Lipídeos; Proteínas; Substrato metabólico.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )