SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.53 número3-4Seasonal changes in the mixed and barrier layers in the western Equatorial AtlanticInstantaneous transport of salt, nutrients, suspended matter and chlorophyll-a in the tropical estuarine system of Santos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Oceanography

versão impressa ISSN 1679-8759versão On-line ISSN 1982-436X

Resumo

GIANESELLA, Sônia Maria Flores et al. Short-term variability and transport of nutrients and Chlorophyll-a in Bertioga Channel, São Paulo State, Brazil. Braz. j. oceanogr. [online]. 2005, vol.53, n.3-4, pp.99-114. ISSN 1679-8759.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-87592005000200002.

Variações de curta escala das concentrações de nutrientes, clorofila-a (Cl-a) e séston foram acompanhadas em uma estação fixa no canal de Bertioga (CB), sudeste do Brasil, em dois ciclos completos de maré de quadratura e sizígia, no inverno de 1991. Dados simultâneos da estrutura hidrográfica, marés e correntes permitiram calcular o transporte resultante daquelas propriedades. A advecção por maré e o fluxo de água doce foram as principais forçantes da estrutura hidrográfica e da distribuição de nutrientes e Cl-a. As concentrações médias de NID e fosfato foram altas (respectivamente: 16,88 e 0,98 ¼M na quadratura e 10,18 e 0,77 ¼M na sizígia). Apesar da disponibilidade de N e P, os valores médios de Cl-a foram baixos: 1,13 mg m-3 (na quadratura) e 3,11 mg m-3 (sizígia), sugerindo que a alta taxa de renovação das águas do CB limitam o acúmulo de fitoplâncton. Os maiores valores de Cl-a relacionaram-se à entrada de águas costeiras enquanto que as altas concentrações de nutrientes foram relacionadas às águas salobras. Os nutrientes dissolvidos foram exportados em ambas as marés, séston e Cl-a foram exportados na sizígia e, na quadratura, a Cl-a foi importada. O estudo dos principais componentes do transporte indicou uma susceptibilidade desse sistema à introdução de poluentes oriundos da área costeira, revelando uma potencial fragilidade ambiental.

Palavras-chave : Nutrientes inorgânicos; Clorofila-a; Séston; Ciclo de maré; Componentes do transporte; Exportação; Canal de Bertioga; Estuário.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons