SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 issue4Fish assemblage in a temperate estuary on the uruguayan coast: seasonal variation and environmental influenceRhodolith bed structure along a depth gradient on the northern coast of bahia state, brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Oceanography

On-line version ISSN 1982-436X

Abstract

RIBEIRO, Suzi Meneses et al. Chemical defense of Hymeniacidon heliophila (Porifera: halichondrida) against tropical predators. Braz. j. oceanogr. [online]. 2010, vol.58, n.4, pp.315-321. ISSN 1982-436X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-87592010000400006.

Diversos organismos bênticos possuem defesas químicas que ajudam a diminuir a predação. Embora sua eficácia seja comprovada, muitos de seus efeitos são ainda desconhecidos. Múltiplas funções dos metabolitos secundários foram evidenciadas em algumas esponjas e isso pode representar uma vantagem adaptativa, considerando o alto valor energético gasto pelas espécies para produzí-los. O objetivo desse trabalho foi investigar as propriedades defensivas de extratos da esponja Hymeniacidon heliophila contra predadores tropicais: paguros (Calcinus tibicens), ouriços-do-mar (Lytechinus variegatus) e peixes generalistas. Extratos em n-hexano, acetato de etila e acetona/metanol foram usados nos ensaios e todos foram eficientes na redução do consumo por C. tibicen; extratos em n-hexano reduziram o consumo por L. variegatus; e extratos de média polaridade reduziram o consumo por peixes. A variação na ação ou as funções ecológicas múltiplas dos extratos indicam que diferentes tipos de substâncias podem ser associadas ao sistema defensivo produzido por Hymeniacidon heliophila.  

Keywords : Hymeniacidon heliophila; defesas químicas; predação; predadores tropicais.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License