SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 número4Chemical defense of Hymeniacidon heliophila (Porifera: halichondrida) against tropical predatorsChemometry use in the evaluation of the sanya bay water quality índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Oceanography

versão On-line ISSN 1982-436X

Resumo

BAHIA, Ricardo G. et al. Rhodolith bed structure along a depth gradient on the northern coast of bahia state, brazil. Braz. j. oceanogr. [online]. 2010, vol.58, n.4, pp.323-337. ISSN 1982-436X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-87592010000400007.

O objetivo deste estudo foi determinar a estrutura de um banco de rodolitos ao longo de um gradiente de profundidade na plataforma em frente à cidade de Salvador, nordeste brasileiro. Foram analisadas as dimensões, a forma e composição das algas calcárias dos rodolitos, bem como a vitalidade, densidade e flora associada ao banco, em três profundidades: 5, 15 e 25 m. As amostras foram obtidas por meio de mergulho autônomo no verão de 2007. Cinco espécies de algas calcárias formadoras de rodolito foram identificadas: Sporolithon episporum, Lithothamnion brasiliense, Lithothamnion superpositum, Mesophyllum erubescens e Lithophyllum sp. A forma de crescimento incrustante e a forma esférica foram predominantes em todas as profundidades. Houve uma redução da dimensão e vitalidade dos rodolitos e um aumento da densidade com a profundidade. Cinqüenta e seis espécies de macroalgas foram encontradas como flora associada aos rodolitos. A profundidade mais rasa apresentou os maiores valores de biomassa e número de espécies de macroalgas. Esses resultados, associados com outras descrições recentes de bancos de rodolitos, indicam que o padrão estrutural desses bancos no Brasil, ao longo de gradientes de profundidade, pode estar relacionado a uma combinação da extensão e da inclinação da plataforma continental.

Palavras-chave : Algas coralíneas; Comunidade Bentônica; Plataforma Continental; Gradiente de Profundidade; Lithothamnion brasiliense; Lithothamnion superpositum.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )     · press release em Português | Inglês

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons