SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 número4The dynamics of fluorescent dissolved organic matter in the Paranaguá estuarine system, Southern Brazil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Oceanography

versão On-line ISSN 1982-436X

Resumo

GARCIA-RODRIGUEZ, Felipe et al. Diatoms, protein and carbohydrate sediment content as proxies for coastal eutrophication in Montevideo, Rio de la Plata Estuary, Uruguay. Braz. j. oceanogr. [online]. 2011, vol.59, n.4, pp. 293-310. ISSN 1982-436X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-87592011000400001.

Foi realizado um estudo da salinidade e da composição das diatomáceas presentes no sedimento superficial em relação ao conteúdo de proteínas/carboidratos na Baía de Montevidéu e região costeira adjacente. Foram obtidas amostras sazonalmente durante um ano ao longo de um gradiente de impacto ambiental humano, e as condições tróficas foram determinadas através da análise da composição bioquímica da matéria orgânica do sedimento superficial. A coocorrência de espécies de diatomáceas marinhas-salobras, (Actinocyclus curvatulus, Actinocyclus gallicus, Coscinodiscus excentricus, Coscinodiscus radiatus, Hyalodiscus subtilis, Paralia sulcata) e diatomáceas indicadoras de águas doces (Aulacoseira granulata, Aulacoseira italica, Aulacoseira muzzanensis, Actinocyclus normanii, Amphora copulata, Cyclotella meneghiniana, Nitzschia linearis) sugerem condições mixohalinas estuarinas na área de estudo. As estações amostradas dentro da baía, próximas às fontes contaminadoras, apresentam condições hipertróficas apontadas pelos maiores valores de proteínas e pela alta abundância relativa de Actinocyclus normanii e Cyclotella meneghiniana, sendo que ambas espécies são consideradas cosmopolitas e indicadoras de degradação aquática. As concentrações de proteínas e carboidratos, bem como os pigmentos fotossintéticos registrados na região costeira adjacente sugerem condições meso-eutróficas e uma diluição dos níveis de contaminação do interior da baía rumo à região externa. A análise multivariada entre espécies de diatomáceas e parâmetros ambientais indica que o gradiente trófico possui hierarquicamente maior peso que a salinidade na explicação da distribuição das diatomáceas. Os resultados obtidos demonstram um aperfeiçoamento na habilidade de determinar a contaminação orgânica dentro da área de estudo, já que pela primeira vez tanto as variáveis orgânicas quanto os biopolímeros foram introduzidos como ferramenta para a determinação da relação degradação/saúde de uma das mais populosas regiões do Río de la Plata.

Palavras-chave : Diatomeas; Carbohidratos; Proteínas; Estuarios; Eutrofización costera; Uruguay.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês     · press release em Português | Inglês