SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 special issue 1Epilithic community development on artificial reefs deployed along a cross-shelf environmental gradient off Paraná state, southern BrazilThe African hind's (Cephalopholis taeniops, serranidae) use of artificial reefs off sal island (Cape Verde): a preliminary study based on acoustic telemetry author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Oceanography

On-line version ISSN 1982-436X

Abstract

FOLPP, Heath; LOWRY, Michael; GREGSON, Marcus  and  SUTHERS, Iain M.. Colonization and community development of fish assemblages associated with estuarine artificial reefs. Braz. j. oceanogr. [online]. 2011, vol.59, n.spe1, pp. 55-67. ISSN 1982-436X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-87592011000500008.

A despeito da longa história do desenvolvimento de estruturas artificiais nos estuários de NSW, não existem estudos que apresentem uma avaliação global sobre os efeitos obtidos com o estabelecimento dessas estruturas. No presente trabalho abordamos a efetividade dos recifes artificiais estuarinos como iniciativa para aumento da pesca; descrevemos a diversidade e abundância das espécies a eles associadas; descrevemos os padrões de colonização e o desenvolvimento das comunidades associadas a um recife artificial colocado no Lago Macquaire, extensa lagoa de barreira situada na costa sudeste da Australia. Seis recifes artificiais (formando um único grupo), construídos a partir de unidades artificiais (Reef Balls®), foram lançados em Dezembro de 2005 e amostrados seis vezes a cada estação do ano, durante dois anos, utilizando video subaquático remoto (BRUV). A colonização dentro do grupo de recifes ocorreu de maneira relativamente rápida, sendo que a maioria das espécies identificadas nos dois anos de estudo foi observada durante o primeiro ano de amostragem. Um total de 27 espécies pertencentes a 17 famílias foram identificadas. As espécies chave do processo de colonização foram Pelates sexlineatus (Teraponidae), Acanthopagrus australis (Sparidae), Pagrus auratus (Sparidae) and Rhabdosargus sarba (Sparidea). A riqueza de espécies mostrou evidência de sazonalidade, enquanto a diversidade aumentou significativamente com o aumento da idade do recife. A composição da assembléia de peixes permaneceu relativamente estável após o primeiro ano de amostragem, com poucos padrões identificáveis relativos à estrutura. Durante o segundo ano tornou-se evidente a formação de grupos por idade, padrão primariamente ocasionado pelo decréscimo na abundância de P. sexlineatus; por sua vez este decréscimo mostrou ser resultado da natureza isolada do recife artificial e dos efeitos interdependentes de abundância e predação.

Keywords : Recifes artificias; Estuário; Peixes; Colonização; Desenvolvimento da Ictiofauna; Pelates sexlineatus; Acanthopagrus australis.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English