SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue3Remote wind stress influence on mean sea level in a subtropical coastal regionBiophysical interactions in the Cabo Frio upwelling system, southeastern Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Oceanography

Print version ISSN 1679-8759

Abstract

TURRA, Alexander et al. Population biology and diet of the southern kingcroaker Menticirrhus americanus (Linnaeus, 1758) (Perciformes: Sciaenidae) in Caraguatatuba Bay, southeastern Brazil. Braz. j. oceanogr. [online]. 2012, vol.60, n.3, pp. 343-352. ISSN 1679-8759.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-87592012000300007.

Este estudo teve como objetivo avaliar a distribuição espaço-temporal, biologia populacional e dieta de Menticirrhus americanus da baía de Caraguatatuba. Foram realizadas coletas mensais entre agosto de 2003 a outubro de 2004, utilizando redes de arrasto em duas áreas previamente selecionadas. A área norte é mais expostas à atividade de onda e é influenciada por um rio, constituindo um pequeno estuário. Por outro lado, a área sul é relativamente protegida da energia das ondas e sofre pouca influência dos rios. Os indivíduos coletados foram medidos e identificados macroscopicamente quanto ao sexo e o estádio gonadal. A abundância da espécie foi comparada entre as áreas e entre os meses de coleta. Para a dieta os itens alimentares encontrados foram identificados e quantificados. M. americanus apresentou proporções equivalentes nas duas áreas de estudo, sendo mais abundante em abril de 2004, seguido por dezembro de 2003 e janeiro de 2004. A população  região é composta por indivíduos imaturos, e os poucos indivíduos maduros ou em maturação capturados não apresentaram  padrão de distribuição ao longo do ano. A espécie mostrou uma dieta variada, alimentando-se de vermes (nemertideos, sipúnculos e equiúros), moluscos (bivalves e cefalópodes), poliquetas, crustáceos e peixes. A presença de nematóides intactos na porção do intestino sugere uma relação parasitária. Os resultados demonstraram que os indivíduos de Menticirrhus americanus estiveram uniformemente distribuídos nas áreas norte e sul e também ao longo do ano.  A espécie pode ser considerada predadora e carnívora, mostrando preferência na alimentação por espécies bentônicas de fundos não consolidados, tais  como  geicerídeos e outros poliquetas, crustáceos e sifões de bivalves.

Keywords : Alimentação; Reprodução; Distribuição espaço-temporal; Betara; São Paulo.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English