SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 número4SEASONAL ASSESSMENT OF HYDROGRAPHIC VARIABLES AND PHYTOPLANKTON COMMUNITY IN THE ARABIAN SEA WATERS OF KERALA, SOUTHWEST COAST OF INDIAOXYGEN CONSUMPTION AND AMMONIA EXCRETION OF THE ANTARCTIC AMPHIPOD Bovallia gigantea PFEFFER, 1888, AT DIFFERENT TEMPERATURES AND SALINITIES índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Oceanography

versão impressa ISSN 1679-8759

Resumo

ANTACLI, Julieta Carolina et al. FEEDING AND REPRODUCTIVE ACTIVITY OF THE COPEPODS Drepanopus forcipatus AND Calanus australis DURING LATE SUMMER ON THE SOUTHERN PATAGONIAN SHELF (ARGENTINA, 47°-55°S). Braz. j. oceanogr. [online]. 2014, vol.62, n.4, pp.295-314. ISSN 1679-8759.  http://dx.doi.org/10.1590/s1679-87592014073406204.

Drepanopus forcipatus e Calanus australis são copépodos planctônicos relevantes na plataforma da Patagônia Austral. Seus padrões de alimentação, reprodução e status populacional foram investigados durante o fim do verão, quando as condições ambientais podem ser críticas. A presença de alimento no abdomen e o tamanho das pelotas alimentares foram registados em fêmeas adultas e nos estágios mais abundantes de copepodito. A composição da dieta também foi estudada em fêmeas adultas. O status reprodutivo das fêmeas foi avaliado através do estágio gonadal. De modo geral, apesar das baixas condições alimentares e diminuição sazonal da temperatura, ambos os copépodos se alimentaram. Os copepoditos mais numerosos e as fêmeas adultas de ambas espécies mostraram baixa atividade alimentar. Cerca de metade das fêmeas adultas das duas espécies e C5s de C. australis apresentaram alimento em seu intestino, porém a proporção de fêmeas D. forcipatus C4 alimentadas foi consideravelmente menor. De modo geral, todos os copépodos se alimentaram entre níveis baixo e intermediário. A distribuição do estágio gonadal e a estrutura populacional apresentaram reprodução baixa, mas contínua para ambas as espécies. Os alimentos encontrados no intestino sugerem uma preferência por partículas nanoplanctônicas, especialmente dinoflagelatos em D. forcipatus, e por presas autotróficas, particularmente grandes diatomáceas em C. australis. Os padrões de alimentação e reprodução dos dois copépodos foram provavelmente influenciados pela distribuição de recursos alimentares e temperatura.

Palavras-chave : Drepanopus forcipatus; Calanus australis; Alimentação; Reprodução; Plataforma da Patagônia Austral.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )