SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 issue3Life history traits influence in gonad composition of two sympatric species of flatfishInsights into ecological and reproductive aspects of two cryptogenic peracarid crustaceans of the Argentinian coast author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Oceanography

Print version ISSN 1679-8759On-line version ISSN 1982-436X

Abstract

SOLARI, Agustín; JAUREGUIZAR, Andrés J.; MILESSI, Andrés C.  and  GARCIA, Mirta L.. Fish assemblages in a small temperate estuary on the Argentinian coast: spatial variation, environmental influence and relevance as nursery area. Braz. j. oceanogr. [online]. 2015, vol.63, n.3, pp.181-194. ISSN 1679-8759.  http://dx.doi.org/10.1590/S1679-87592015085106303.

Foram avaliados os efeitos das diferentes variáveis ambientais na estrutura da comunidade de peixes em um pequeno estuário temperado. Dados biológicos e ambientais foram obtidos bimestralmente entre 2007 e 2009, ao longo do eixo principal do estuário. Análises multivariadas foram aplicadas (CLUSTER, SIMPER, CCA) para determinar a estrutura espacial da comunidade de peixes e para estimar a influência ambiental sobre ela. Um total de 48 espécies de "teleósteos" foi observado, com as famílias Characidae e Sciaenidae apresentando o maior número de espécies e sendo 90% das capturas formada por juvenis. A comunidade de peixes foi altamente dominada por uma só espécie (Micropogonias furnieri, 88,9%) e quatro espécies contribuiram com pouco mais de 1% cada para o total das capturas (Odontesthes argentinensis 5,4%, Brevoortia aurea 1,1%, Paralonchurus brasiliensis 1,1% e Mugil platanus1,0%). Retardatários estuarinos e de água doce dominaram em número de espécies, seguidos por migrantes de água doce e marinhos. Ao longo do eixo principal foram definidas três áreas distintas, cada uma apresentando assembleias de peixes com espécies e guildas funcionais distintas. A ocorrência e abrangência espacial dessas áreas estiveram ligadas à variação espacial na salinidade, que consistentemente foi influenciada pela descarga do Rio da Prata e pela precipitação local. Os resultados destacam a importância dos ambientes rasos como áreas de berçário e permitem enfatizar sua susceptibilidade às mudanças ambientais.

Keywords : Rio Ajó; Rio de la Plata; Assembleia de peixes; Peixes juvenis; Gradiente de salinidade.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )