SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 issue4Currents on the continental shelf adjacent to the Laje de Santos (SP, Brazil)Dissolved organic nutrients (C, N, P) in seawater on the continental shelf in the Southwestern South Atlantic with emphasis State Marine Park of Laje de Santos (SMPLS) - São Paulo - Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Oceanography

On-line version ISSN 1982-436X

Abstract

SANTOS, Marcos Cesar de Oliveira; FIGUEIREDO, Giovanna Corrêa e  and  BRESSEM, Marie-Francoise Van. Cetaceans using the marine protected area of "Parque Estadual Marinho da Laje de Santos", Southeastern Brazil. Braz. j. oceanogr. [online]. 2017, vol.65, n.4, pp.605-613. ISSN 1982-436X.  http://dx.doi.org/10.1590/s1679-87592017130606504.

O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de cetáceos em águas costeiras nas proximidades da Unidade de Conservação (UC) marinha do Parque Estadual Marinho da Laje de Santos (PEMLS), localizado no sudeste do Brasil. Cruzeiros oceanográficos foram conduzidos entre junho de 2013 e junho de 2015 seguindo um transecto pré-definido para cobrir toda a UC, assim como suas bordas. Um total de 24 embarques foi realizado, rendendo 18 avistagens de cetáceos das seguintes espécies: golfinho-pintado-do-Atlântico (Stenella frontalis) (12), golfinho-de-dentes-rugosos (Steno bredanensis) (2), golfinho-comum (Delphinus delphis) (1), baleia-de-Bryde (Balaenoptera edeni) (2) e baleia-minke-comum (Balaenoptera acutorostrata) (1). As avistagens de S. frontalis estiveram positivamente correlacionadas com a profundidade da água (Teste Mantel; r = 0.8072; p < 0.05). Indivíduos fotoidentificados moveram-se para dentro e para fora da UC, permanecendo pela região de estudo nos dois anos de investigação. Marcas cutâneas de origem desconhecida e denominadas em literatura como marcas cutâneas de “Paisley” foram observadas em D. delphis. Considerando que o PEMLS tem sido utilizado como um importante ponto para mergulhadores em lazer, é recomendável que as avistagens de cetáceos continuem sendo obtidas em futura parceria com as operadoras de mergulho, assim como que se utilize a acústica passiva para detectar a presença de cetáceos na região quando observadores não estiverem ali.

Keywords : Parque Estadual Marinho da Laje de Santos; Stenella frontalis; Marcas Cutâneas de Paisley.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )