SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 issue4Cetaceans using the marine protected area of "Parque Estadual Marinho da Laje de Santos", Southeastern BrazilSeasonal variation of nutrients and hydrological conditions in the State Marine Park of Laje de Santos (SMPLS) and adjacent continental shelf areas (South Atlantic Ocean - Brazil) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Oceanography

On-line version ISSN 1982-436X

Abstract

BRAGA, Elisabete de Santis; BERBEL, Gláucia Bueno Benedetti; CHIOZZINI, Vitor Gonsalez  and  ANDRADE, Natalia Cristina Garrido. Dissolved organic nutrients (C, N, P) in seawater on the continental shelf in the Southwestern South Atlantic with emphasis State Marine Park of Laje de Santos (SMPLS) - São Paulo - Brazil. Braz. j. oceanogr. [online]. 2017, vol.65, n.4, pp.614-627. ISSN 1982-436X.  http://dx.doi.org/10.1590/s1679-87592017136506504.

O principal objetivo deste trabalho é avaliar distribuição sazonal e espacial do carbono orgânico dissolvido (COD), nitrogênio orgânico (NOD), fósforo orgânico dissolvido (POD) e ureia em 10 estações do Parque Estadual Marinho da Laje de Santos (PEMLS). As estações 1 a 4 (mais próximas do continente) e as estações de 5 a 10 (mais próximas do parque marinho), todas na plataforma continental. Os resultados mostram que não foram observadas variações sazonais estatisticamente significativas para o COD e POD, todavia, o COD e o NOD, no período de verão apresentaram um pequeno aumento mostrando o aumento da atividade biológica e a influencia continental. Por outro lado, o NOD apresentou valores elevados em junho (2014 - inverno) e janeiro de 2015, variando de 12.51 a 32.76 µmol L-1, segundo o método de análise ANOVA (p< 0,01). Foram observados baixos valores de NOD em janeiro de 2014 (0,32-8,98 µmol L-1), em um verão anormalmente seco, enquanto que os valores mais elevados foram observados em julho de 2014 (27.50 µmol L-1). Ureia apresentou valores baixos na região do PEMLS e zonas costeiras atingindo 4,00 µmol L-1. Muitas vezes, a concentração de ureia pode estar associada com atividade de mergulho no parque. COD, NOD e ureia apresentaram valores ou diferenças entre as estações no PEMLS (5-10) e aquelas mais costeiras (1-4). O COD nas estações costeiras atingiu 267 µmol L-1, enquanto que no PEMLS, o valor máximo foi de 100 µmol L-1. Nenhuma variação significativa foi observada quanto à distribuição espacial entre as estações costeiras e as do parque para o POD (ANOVA p <0,01). Considerando-se que os compostos orgânicos dissolvidos também podem ser monitorados por meio da avaliação de C, N, P em sua fração orgânica, chegou-se à conclusão que, na região estudada o impacto de águas eutrofizadas sob influência continental e antrópica é mínimo e esses parâmetros poderiam ser monitorados para subsidiar o monitoramento na região.

Keywords : Compostos Orgânicos Dissolvidos; Nitrogênio Orgânico; Fósforo Orgânico; Carbono Orgânico; Ureia; Parque Marinho.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )