SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue1Foot pain in the elderly associated to functional incapacityLevel of cervical dilatation and request for regional analgesia by pregnant women with intact and ruptured chorioamniotic membrane author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Dor

Print version ISSN 1806-0013

Abstract

GUERRA, Thais Eduarda Carvalho  and  BERTOLINI, Gladson Ricardo Flor. Efeitos da variação da rampa de entrega do ΔF sobre a acomodação da corrente interferencial em mulheres saudáveis. Rev. dor [online]. 2012, vol.13, n.1, pp. 25-29. ISSN 1806-0013.  http://dx.doi.org/10.1590/S1806-00132012000100005.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A corrente interferencial é modalidade de eletroterapia comum na prática fisioterapêutica, mas a regulagem de seus parâmetros ainda é empírica, sendo necessários estudos que estabeleçam os parâmetros adequados para seu uso. O objetivo deste estudo foi avaliar o tempo de início da primeira acomodação e o número de vezes em que ela ocorreu durante 10 minutos de aplicação da corrente interferencial, variando a forma de apresentação das rampas de entrega do delta F (ΔF). MÉTODO: A amostra foi composta por 18 mulheres, que foram divididas em 3 grupos: Grupo A - 1:1 (variação a cada 1 segundo), no 2º dia 1:5:1 (subida e descida das frequências em 1 segundo e manutenção por 5 segundos), 3º dia - 6:6 (subida e descida das frequência em 6 segundos); Grupo B -1:5:1 no 1º dia, no 2º dia utilizou 6:6, e no 3º dia 1:1. Grupo C - 6:6 no 1º dia, 1:1 no 2º e 1:5:1 no 3º dia. A estimulação era acima do limiar sensitivo, durante 10 minutos, e as voluntárias indicavam o momento em que ocorria a primeira acomodação e quantas vezes ocorria. RESULTADOS: Ao avaliar o limiar de acomodação, nenhuma das rampas de entrega de ΔF apresentou diferença significativa. Para o número total de acomodações houve diferença significativa ao comparar a rampa 1:5:1 com a rampa 6:6, sendo que esta apresentou maior número de acomodações. CONCLUSÃO: A rampa de entrega do ΔF não influenciou no limiar de acomodação e a rampa 1:5:1 foi a que obteve menor número de acomodações quando comparada com a rampa 6:6.

Keywords : Analgesia; Eletricidade; Terapia por estimulação elétrica.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese