SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número1Dor em pacientes oncológicos sob tratamento quimioterápicoExercício resistido em meio aquático para ratos Wistar submetidos a trauma em tendão: avaliação da nocicepção e edema índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Dor

versão impressa ISSN 1806-0013

Resumo

PIAZZA, Lisiane et al. Sintomas e limitações funcionais de pacientes com síndrome da dor patelofemoral. Rev. dor [online]. 2012, vol.13, n.1, pp. 50-54. ISSN 1806-0013.  http://dx.doi.org/10.1590/S1806-00132012000100009.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome da dor patelofemoral (SDPF) é uma das desordens mais comuns que afetam a articulação do joelho. O objetivo deste estudo foi avaliar sintomas e limitações funcionais de pacientes com SDPF. MÉTODO: Foram estudados 26 pacientes com SDPF (GSDPF) e 31 clinicamente saudáveis (GC), pareados em idade, estatura e massa corporal. Foi aplicada uma ficha de avaliação e o questionário de Kujala. Em seguida os pacientes realizaram 2 testes funcionais, agachar e subir e descer um step por 30 segundos, além de serem orientados a deambular por um percurso de 8 metros em superfície nivelada, subir e descer de uma escada e rampa, sendo a ordem de realização destas atividades aleatória. Foi avaliada a intensidade da dor pela escala analógica visual (EAV) antes e após cada atividade. Para o tratamento estatístico foram utilizados os testes de Wilcoxon e U Mann-Whitney, com significância de p < 0,05. RESULTADOS: O GSDPF apresentou menor pontuação (75,8 ± 11,8 pontos) no questionário de Kujala em comparação ao GC (100 ± 0,0 pontos) (p = 0,001). Constatou-se que dos 26 pacientes com SDPF, 23 relataram sentir dor ao agachar, 18 ao subir e descer escadas, 25 ao ajoelhar, 14 ao correr, 16 ao ficar sentado por tempo prolongado e 9 ao praticar esportes. A intensidade da dor pela EAV confirmou estas afirmações, ocorrendo exacerbação da dor após agachar (p = 0,001), subir e descer de um step (p = 0,001), caminhar em superfície plana (p = 0,01), subir e descer escada (p = 0,001) e rampa (p = 0,01) nos pacientes com SDPF. CONCLUSÃO: A SDPF pode levar a dor e limitações funcionais que comprometem a realização das atividades de vida diária.

Palavras-chave : Causalgia; Joelho; Síndrome da dor patelofemoral.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês