SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2Evaluation of postoperative analgesia with intraperitoneal ropivacaine instillation in videolaparoscopic cholecystectomyGraded exposure for fear of pain and movement avoidance belief in chronic low back pain patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Dor

Print version ISSN 1806-0013On-line version ISSN 2317-6393

Abstract

KARVAT, Jhenifer et al. Avaliação nociceptiva da associação entre exercício físico e fibrina rica em plaquetas em ratos Wistar submetidos ao modelo de compressão de nervo mediano. Rev. dor [online]. 2016, vol.17, n.2, pp.121-124. ISSN 1806-0013.  http://dx.doi.org/10.5935/1806-0013.20160028.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS:

Fibrina rica em plaquetas é uma técnica nova e promissora na aceleração do reparo, com possíveis efeitos analgésicos, contudo, ainda há uma lacuna com relação à lesão nervosa periférica, bem como com a associação com exercícios físicos. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da fibrina rica em plaquetas associada a exercício físico sobre a nocicepção e o edema, em modelo experimental de compressão do nervo mediano.

MÉTODOS:

Foram utilizados 36 ratos, todos submetidos a compressão do nervo mediano e divididos em seis grupos: G1: sem manipulações adicionais; G2: compressão e tratado com fibrina rica em plaquetas; G3: compressão e tratado com natação livre; G4: compressão e exercício de caminhada em esteira; G5: natação livre + fibrina rica em plaquetas; G6: caminhada em esteira + fibrina rica em plaquetas. O modelo de lesão foi realizado com amarria do nervo mediano, com fio catgut 4.0 cromado. Para obtenção da fibrina rica em plaquetas, 1,5mL de sangue foi centrifugado e o coágulo de fibrina foi posicionado diretamente sobre a região da compressão. Os protocolos de exercício foram realizados durante 2 semanas, entre o 3º e 14º dias de pós-operatório. As avaliações nociceptivas e de edema ocorreram, respectivamente, pelo limiar de retirada de pata e pletismometria, nos momentos prévios à lesão, no 3º, 7º e 15º dias de pós-operatório.

RESULTADOS:

Não houve diferenças entre os grupos, apenas entre as avaliações, denotando que houve aumento da nocicepção e do edema, o qual perdurou ou foi decaindo, respectivamente, com o passar do tempo.

CONCLUSÃO:

O uso isolado ou associado da fibrina rica em plaquetas com exercícios físicos não produziu alterações na nocicepção e edema.

Keywords : Edema; Inflamação; Mensuração da dor; Terapia por exercício.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )