SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue4Profile of research published in the annals of the Brazilian Pulmonology and Phthisiology Conferences held over the last twenty yearsMorphological aspects as prognostic factors in malignant mesothelioma: a study of 58 cases author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal Brasileiro de Pneumologia

Print version ISSN 1806-3713

Abstract

CARVALHO, Rodrigo Storck et al. Análise da mecânica pulmonar em modelo experimental de sepse. J. bras. pneumol. [online]. 2006, vol.32, n.4, pp. 316-321. ISSN 1806-3713.  http://dx.doi.org/10.1590/S1806-37132006000400010.

OBJETIVO: Verificar se há alterações na mecânica pulmonar de camundongos com sepse. MÉTODOS: Foram utilizados 40 camundongos Balb/c divididos em dois grupos: sobrevida (n = 21) e mecânica respiratória (n = 19). O grupo sobrevida foi dividido em três subgrupos: controle (n = 7), subletal (n = 7) e letal (n = 7). O grupo mecânica respiratória também foi dividido em três subgrupos: controle (n = 5), subletal (n = 7) e letal (n = 7). A sepse foi induzida pelo método cecal ligation and puncture, usando-se um estímulo subletal e outro letal. A mecânica pulmonar foi medida oito horas após a intervenção, utilizando-se o método da oclusão ao final da inspiração. Dentro do grupo mecânica pulmonar foram estudadas as seguintes variáveis: variação total de pressão, pressão resistiva, pressão viscoelástica, elastância dinâmica e elastância estática. Os dados foram analisados por meio do teste estatístico ANOVA One-Way. RESULTADOS: Os dados do grupo sobrevida determinaram a eficácia do modelo utilizado. Não houve diferença estatística entre os subgrupos da mecânica pulmonar quando analisadas as elastâncias dinâmica e estática, bem como não houve diferença estatística entre os subgrupos da mecânica pulmonar quando analisadas a variação total de pressão, pressão resistiva e pressão viscoelástica. CONCLUSÃO: Não houve lesão estrutural no pulmão, bem como não houve alteração nos componentes viscoso e viscoelástico do pulmão quando essas variáveis foram estudadas oito horas após a intervenção pelo método cecal ligation and puncture.

Keywords : Sepse; Mecânica respiratória; Pulmão [lesões]; Punções [instrumentação]; Síndrome do desconforto respiratório do adulto; Camundongos.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese