SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue6Survival in a cohort of patients with lung cancer: the role of age and gender in prognosisMortality from idiopathic pulmonary fibrosis: a temporal trend analysis in Brazil, 1979-2014 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal Brasileiro de Pneumologia

Print version ISSN 1806-3713On-line version ISSN 1806-3756

Abstract

RABAHI, Marcelo Fouad; SILVA JUNIOR, José Laerte Rodrigues da  and  CONDE, Marcus Barreto. Avaliação do impacto das mudanças do tratamento da tuberculose implantadas em 2009 no controle da tuberculose pulmonar no Brasil. J. bras. pneumol. [online]. 2017, vol.43, n.6, pp.437-444. ISSN 1806-3713.  http://dx.doi.org/10.1590/s1806-37562017000000004.

Objetivo:

Analisar o impacto das mudanças do tratamento da tuberculose implantadas no Brasil em 2009 no número de casos de cura, de recidiva, de óbitos, de abandono e de tuberculose multirresistente (TBMR).

Métodos:

Foi realizada uma análise de séries temporais interrompida utilizando o modelo de regressão pelo método dos mínimos quadrados ordinários a partir de dados secundários coletados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação da Tuberculose entre janeiro de 2003 e dezembro de 2014.

Resultados:

A análise mostrou independência entre as mudanças do tratamento e a redução do número total de casos (β = 2,17; IC95%: −3,80 a 8,14; 189 p = 0,47), a redução do número de novos casos (β = −0,97; IC95%: −5,89 a 3,94; p =190 0,70) e do abandono do tratamento (β = 0,40; IC95%: 199 −1,12 a 1,93; p = 0,60). Demonstrou ainda tendência à associação com a diminuição da cura (β = −4,14; IC95%: −8,63 a 0,34; p = 0,07) e associação com aumento da mortalidade por tuberculose pulmonar (β = 0,77; IC95%: 0,16 a 1,38; p = 0,01). A TBMR aumentou significativamente tanto no período anterior quanto no período posterior às mudanças do tratamento (p < 0,0001), embora de forma independente da intervenção (β = 0,13; IC95%: −0,03 a 0,29; p = 0,12).

Conclusões:

As mudanças no tratamento não impediram nem a diminuição na taxa de cura e nem o aumento do abandono e da TBMR; por outro lado, se associaram ao aumento de óbitos por tuberculose pulmonar durante o período do estudo.

Keywords : Tuberculose pulmonar/epidemiologia; Tuberculose pulmonar/tratamento farmacológico; Tuberculose pulmonar/mortalidade; Análise de séries temporais interrompida; Resistência a múltiplos medicamentos; Composição de medicamentos.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )