SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue10Very wicked children: "indian torture" and the madras torture commission report of 1855Notes on the implementation by Latin American countries of the ILO Convention 169 in indigenous peoples author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Sur. Revista Internacional de Direitos Humanos

Print version ISSN 1806-6445

Abstract

VITO, Daniela de; GILL, Aisha  and  SHORT, Damien. A tipificação do estupro como genocídio. Sur, Rev. int. direitos human. [online]. 2009, vol.6, n.10, pp. 28-51. ISSN 1806-6445.  http://dx.doi.org/10.1590/S1806-64452009000100003.

O presente artigo identifica e analisa algumas das implicações teóricas ao tifipicar o estupro como crime internacional de genocídio, bem como sustenta que tal análise seja essencial para a criação de marcos mais claros para tratar da questão do estupro. Genocídio é definido como violação perpetrada contra grupos específicos. Em contrapartida, o estupro é conceitualizado como um crime contra a autonomia sexual de um indivíduo. Sendo assim, a definição do estupro como uma violação à liberdade sexual individual seria incompatível com a definição deste como uma violação contra todo um grupo, à semelhança do genocídio? A principal conclusão a que se chega neste artigo é que, se for possível estabelecer uma concepção abrangente de genocídio - capaz de englobar tanto a esfera individual, quanto coletiva - o estupro (quando tipificado como genocídio) pode ser compreendido como violação cometida tanto contra o indivíduo, quanto contra o grupo. Entretanto, estas duas esferas - individual e coletiva - nunca poderão ocupar o mesmo patamar, uma vez que a proteção de grupos humanos constitui a própria fundamentação da criminalização do genocídio. Ao relacionar o estupro à idéia de genocídio, concebido, situado e tratado como crime contra inúmeros grupos, seu cerne muda. Neste sentido, estupro não poderá mais ser compreendido como simples violação a um indivíduo - antes, torna-se parte de uma concepção desenvolvida para a proteção do grupo.

Keywords : Estupro; Genocídio; Violação contra grupos específicos; Autonomia sexual do indivíduo.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese | Spanish     · pdf in English | Portuguese | Spanish