SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número1Lógica fuzzy na avaliação da fertilidade do solo e produtividade do café conilonDecomposição e liberação de nutrientes de resíduos vegetais depositados sobre Latossolo Amarelo no Cerrado Maranhense índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Ciência Agronômica

versão impressa ISSN 0045-6888versão On-line ISSN 1806-6690

Resumo

GURGEL, Marcelo Tavares; GHEYI, Hans Raj  e  OLIVEIRA, Fábio Henrique Tavares de. Acúmulo de matéria seca e nutrientes em meloeiro produzido sob estresse salino e doses de potássio. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2010, vol.41, n.1, pp.18-28. ISSN 0045-6888.  https://doi.org/10.5935/1806-6690.20100003.

A determinação de matéria seca acumulada e concentração de nutrientes nos tecidos, permite construir a curva de absorção de nutrientes, muito importante para uma recomendação mais precisa de adubação em fertirrigação, em função das épocas de maior demanda de cada nutriente. Nesse contexto, objetivou-se avaliar os efeitos do uso de águas de baixa e alta salinidade combinada com doses crescentes de potássio na extração e exportação de nutrientes em meloeiro da cultivar Goldex. O experimento de campo com a cultura do meloeiro irrigado por gotejamento foi conduzido de setembro a novembro de 2004 em Mossoró, RN. Aplicaram-se doses crescentes de K2O (218; 273; 328; 383 e 438 kg ha-1) na cultivar Goldex irrigada com águas de CEa = 0,52 e 2,41 dS m-1. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições, em parcelas subdivididas, com as doses de K sendo aplicadas nas subparcelas. Após análise dos resultados, verificou-se que ao se aplicar doses potássicas a partir de 328 kg ha-1 de K2O tende a aumentar o conteúdo de potássio na fitomassa seca da parte aérea com uso de água salina (2,41 dS m-1) e os frutos respondem por 73,33% da matéria seca da parte aérea ao se aplicar 328 kg ha-1 de K2O ao final dos 63 DAS nessa condição de salinidade da água de irrigação.

Palavras-chave : Cucumis melo L; Solos-salinidade; Àgua-salinidade; Condutividade elétrica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )