SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número2Divergência genética entre linhagens de melão do grupo InodorusAtividades antioxidante e fungitóxica do óleo essencial de capim-limão e do citral índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Ciência Agronômica

versão On-line ISSN 1806-6690

Resumo

VIEIRA, Eduardo Alano et al. Caracterização molecular de acessos de mandioca biofortificados com potencial de uso no melhoramento genético. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2011, vol.42, n.2, pp.457-463. ISSN 1806-6690.  https://doi.org/10.1590/S1806-66902011000200027.

A mandioca apresenta potencial como fonte de carotenóides na alimentação humana, em especial β-caroteno (nas raízes amarelas) e licopeno (nas raízes rosadas). Assim, a possibilidade da mandioca ser, além de fonte de calorias, uma fonte de vitaminas e antioxidantes, é encarada como forma de melhorar a nutrição dos habitantes de países em desenvolvimento. Neste trabalho, objetivou-se caracterizar por meio de marcadores RAPD 20 acessos de mandioca biofortificados com potencial de uso no melhoramento genético. Os acessos foram avaliados por meio de marcadores RAPD, sendo posteriormente estimada a matriz de similaridade genética entre os acessos, por meio do índice de Jaccard. A análise por meio de 12 iniciadores gerou um total de 144 bandas das quais 120 (83%) foram polimórficas. A análise de agrupamento revelou a formação três grupos, sendo o grupo um formado por sete acessos com cor da polpa da raiz rosada e dois acessos com cor da polpa da raiz amarela, o grupo dois formado por oito acessos com cor da polpa da raiz amarela e um acesso com cor da polpa da raiz rosada e o grupo três formado pelos acessos melhorados com cor da polpa da raiz creme e branca. Os marcadores RAPD foram eficientes na determinação da variabilidade genética entre acessos de mandioca com cor da polpa da raiz amarela, rosada, creme e branca, diferenciaram os acessos melhorados dos demais acessos e revelaram uma tendência de separação dos acessos com cor da polpa da raiz rosada dos com a cor da polpa da raiz amarela.

Palavras-chave : Manihot esculenta Crantz; Variabiliade genética; Marcadores moleculares; Recursos genéticos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons