SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número2Desempenho de populações de milho para produção de grãos e consumo in natura no Estado de TocantinsEnraizamento in vitro de clones de mamoeiro 'Tainung 01' índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Ciência Agronômica

versão On-line ISSN 1806-6690

Resumo

FRANCELINO, Francisco Maurício Alves et al. Avaliação de linhagens de feijão-de-vagem para as regiões Norte e Noroeste Fluminense. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2011, vol.42, n.2, pp.554-562. ISSN 1806-6690.  https://doi.org/10.1590/S1806-66902011000200039.

O feijão-de-vagem é uma hortaliça rica em fibras, proteínas e vitaminas. Dentro do programa de melhoramento do feijão-de-vagem da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), foram realizadas seleções nas populações F2, em campo; avançando até F5 pelo método SSD, em casa de vegetação; selecionando 30 linhas promissoras em F6. Continuando o programa, a geração F7 foi cultivada e avaliada, em campo, em Campos dos Goytacazes e em Bom Jesus do Itabapoana. As características avaliadas foram: altura de inserção da primeira vagem (APV); altura da planta (AP); o número médio de vagens por planta (NMV); comprimento médio das vagens (CMV); peso médio de grãos por vagem (PMGV); teor de fibras nas vagens (FIB); produtividade de vagens por hectare (ProdVagens) e a produtividade de grãos por hectare (ProdGrãos). Não houve interação genótipo x ambiente (local) para a característica teor de fibra nas vagens, indicando ser esta bastante estável aos ambientes estudados. O teste de Scott-Knot formou três grupos quanto ao teor de fibras nas vagens frescas. Houve efeito significativo de genótipos para todas as características avaliadas, exceto para o NMVP. Os acessos UENF 7-20-1, UENF 7-5-1, UENF 14-22-3, UENF 15-8-4, UENF 1445, Top seed blue line, Feltrin, UENF 14-16-3, UENF 7-10-1, UENF 14-6-3 e UENF 15-23-4 foram respectivamente os mais produtivos, com rendimentos de 20.052 a 15.873 Mg ha-1 de vagens e na produção de grãos (2.693 a 2.014 Mg ha-1). A característica mais correlacionada com os rendimentos de vagens e de grãos foi o NMVP seguido por CMV.

Palavras-chave : Feijão-de-Vagem; Caracteres agronômicos; Melhoramento genético.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons