SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 issue3Sample size for testing the germination of Mimosa caesalpiniifolia Benth, a native species of the CaatingaEffect of sucrose and sorbitol in the in vitro conservation of mangaba tree nodal segments author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Ciência Agronômica

On-line version ISSN 1806-6690

Abstract

BORCHARTT, Lucas et al. Períodos de interferência de plantas daninhas na cultura do feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris L.). Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2011, vol.42, n.3, pp.725-734. ISSN 1806-6690.  http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902011000300019.

Objetivou-se nesta pesquisa determinar os períodos de interferência de plantas daninhas no feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris L.) cultivado em plantio direto, em Rolim de Moura-RO. Dois ensaios foram conduzidos simultaneamente; no primeiro a cultura permaneceu livre da competição com plantas daninhas desde a emergência até os 7; 14; 21; 28; 35; 42; 49 e 64 dias; no segundo a cultura permaneceu em competição com a comunidade infestante pelos períodos citados no primeiro ensaio. O delineamento utilizado foi de blocos ao acaso, com quatro repetições. A Digitaria horizontalis e Zea mays foram as espécies que apresentaram maior importância. A D. horizontalis atingiu altas frequências relativas, dominância relativa e densidade de até 95,3%. A Z. mays apesar dos baixos índices de densidade e freqüência relativa, apresentou alta dominância relativa pelo grande acúmulo de massa seca. O rendimento de grãos do feijoeiro foi afetado pela convivência com as plantas daninhas. Assumindo perdas de 5% no rendimento de grãos do feijoeiro pela interferência da comunidade infestante o período anterior à interferência foi de quatro dias, onde não foi necessária a realização do controle. O período total de prevenção da interferência foi de dezoito dias após a emergência (DAE) e o período crítico de prevenção da interferência situou-se entre os quatro e os dezoito DAE. Neste período até 18 DAE a convivência do feijoeiro com plantas daninhas ocasionou diminuição no rendimento da cultura por competirem pelos recursos do meio, onde houve necessidade de serem controladas.

Keywords : Comunidade infestante; Competição; Plantio direto.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License