SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 issue3Diagrammatic scale for severity evaluation of maize white foliar spotRunoff and soil and nutrient losses in semiarid uncultivated fields author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Ciência Agronômica

On-line version ISSN 1806-6690

Abstract

MAGALHAES, Marcio Osvaldo Lima; AMARAL SOBRINHO, Nelson Moura Brasil do; SANTOS, Fabiana Soares dos  and  MAZUR, Nelson. Potencial de duas espécies de eucalipto na fitoestabilização de solo contaminado com zinco. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2011, vol.42, n.3, pp.805-812. ISSN 1806-6690.  https://doi.org/10.1590/S1806-66902011000300029.

Com o objetivo de avaliar a técnica da fitoestabilização para remediar solo contaminado com zinco, foram utilizadas as espécies Eucalyptus urophylla e Eucalyptus saligna em conjunto com os resíduos siderúrgicos escória de aciaria e carepa de laminação. O experimento foi realizado em casa de vegetação na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, utilizando-se um solo contaminado com Zn, coletado em área próxima ao pátio de minério do Porto de Itaguaí e ao local de disposição de resíduo perigoso da Cia Mercantil e Industrial Ingá em Itaguaí-RJ. O substrato foi tratado com dois agentes inertizantes: um resíduo industrial com característica alcalina (escória de aciaria) nas doses de 4 e 6% e outro com alto teor de óxido de ferro usado como adsorvente (carepa de laminação), em dose única de 1%. Após o transplantio das mudas, foram feitas coletas do substrato para determinação do pH e o fracionamento de Zn nas diferentes formas químicas. Verificou-se que o substrato, não tratado, apresentava alto teor de zinco nas frações fitodisponíveis. Os tratamentos causaram a redução nas concentrações de Zn nas formas químicas hidrossolúveis e trocáveis e aumento nas fases mais estáveis. A menor dose de escória de aciaria foi suficiente para provocar diminuição nas concentrações de zinco em solução, sendo esse efeito evidenciado pelo desenvolvimento das plantas, enquanto a maior dose de escória de aciaria promoveu maior crescimento das espécies. A espécie que obteve melhor desenvolvimento foi o E. urophylla, entretanto, a que apresentou maior acúmulo total de Zn foi o E. saligna.

Keywords : Eucalipto; Solos-teor de zinco; Fitorremediação.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License