SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número4Efficiency of Trichoderma sp isolates on the control of soil-borne pathogens in the yellow melonArbuscular mycorrhizal fungi as indicators of the recovery of degraded areas in northeastern Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Ciência Agronômica

versión On-line ISSN 1806-6690

Resumen

PEREIRA, Ana Carolina Callegario et al. Concentração de metais pesados em espécies arbóreas utilizadas para revegetação de área contaminada. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2012, vol.43, n.4, pp. 641-647. ISSN 1806-6690.  http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902012000400004.

O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial das espécies arbóreas Cordia africana Lam.,Mimosa caesalpineafolia Benth., Acacia angustissima (Mill.) Ktze. e Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan na fitoestabilização de metais pesados presentes em um substrato contaminado. Foram selecionados, aleatoriamente, quatro exemplares de cada espécie para realização do estudo. Amostras de substrato na projeção da copa de cada exemplar arbóreo foram coletadas nas profundidades de 0-10; 10-30 e 30-50 cm, para determinação da concentração pseudototal e fracionamento químico de metais pesados. De cada indivíduo, foram coletados dados referentes à profundidade das raízes, DAP (diâmetro a altura do peito), diâmetro de copa e altura das plantas. Amostras de folha, caule, casca e raiz foram coletadas para determinação dos metais pesados zinco (Zn), manganês (Mn), cádmio (Cd), chumbo (Pb) e cobre (Cu) nas diferentes partes da planta. A concentração de Cd no substrato foi acima do valor de investigação definido pelo CONAMA (3,0 mg kg-1), evidenciando contaminação com esse elemento. Os maiores teores dos metais pesados foram encontrados na fração residual (F5), indicando baixa disponibilidade destes elementos no substrato. Com relação ao Cd, elevadas concentrações também foram encontradas na fração trocável F2, considerada uma fração em que os contaminantes se apresentam com certa mobilidade e biodisponibilidade. As espécies vegetais estudadas apresentaram desenvolvimento dentro dos padrões normais, mostrando tolerância a áreas contaminadas com Cd, que tendeu a se acumular nas raízes das plantas, com exceção da Córdia - africana.

Palabras llave : arborização; revegetação; solos-descontaminação.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués