SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue4Dry matter loss in corn grains stored in airtight bagsPhenotypic variability and genetic diversity in sweet potato clones in the state of Tocantins author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Ciência Agronômica

On-line version ISSN 1806-6690

Abstract

VALENTE, Domingos Sárvio Magalhães et al. Relação entre condutividade elétrica aparente e propriedades do solo. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2012, vol.43, n.4, pp. 683-690. ISSN 1806-6690.  http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902012000400009.

A agricultura de precisão baseada nas propriedades físicas e químicas do solo exige uma amostragem densa para se determinar a variabilidade espacial no campo. Essa amostragem densa, muitas vezes apresenta custo e tempo consumido elevado. Uma das técnicas para reduzir o número de amostras é definir zonas de manejo em função de informações coletadas no campo. Alguns pesquisadores têm demonstrado a importância desempenhada pelas variáveis elétricas do solo para definir zonas de manejo. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo avaliar a relação entre a variabilidade espacial da condutividade elétrica aparente e propriedades do solo em regiões de produção de cafés de montanha. A condutividade elétrica foi medida no perfil de solo de 0,00-0,20 m (CE20) e 0,00-0,40 m (CE40) usando um sensor portátil. Os valores de CE20 e CE40 foram de 1,80 mS m-1 e 1,22 mS m-1, respectivamente. Ambas CE20 e CE40 apresentaram baixa correlação com as propriedades químicas e a textura do solo, sendo que, a correlação mais elevada foi obtida para o fósforo remanescente com valores de 0,427 e 0,465, respectivamente.

Keywords : agricultura de precisão; zonas de manejo; sensores.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English