SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número4Agronomic characterization and antioxidant potential of fruit from clones of the acerola plantSelection of half-sib of maize for nitrogen use efficiency índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista Ciência Agronômica

versión On-line ISSN 1806-6690

Resumen

MARINI, Patrícia et al. Alterações fisiológicas e bioquímicas em sementes de arroz submetidas ao estresse térmico. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2012, vol.43, n.4, pp.722-730. ISSN 1806-6690.  http://dx.doi.org/10.1590/S1806-66902012000400014.

O objetivo deste trabalho foi analisar o efeito de diferentes temperaturas na atividade respiratória, enzimática e em processos relacionados à qualidade fisiológica de sementes de arroz, bem como utilizar a relação entre esses parâmetros como forma de caracterizar o início do processo de deterioração de sementes. As sementes foram expostas por 24 h às temperaturas de 15; 25; 30 e 35 ºC, e conduzidas aos testes de germinação, primeira contagem de germinação, índice de velocidade de germinação, comprimento e massa seca da parte aérea e raiz, condutividade elétrica, atividade respiratória e enzimática. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições, sendo as médias comparadas pelo teste de Tukey (p < 0,05) com posterior análise de regressão polinomial. As sementes de arroz apresentaram diminuição na germinação e no vigor a partir de temperaturas superiores a 25 ºC. A atividade respiratória aumentou com o aumento de temperatura, o mesmo ocorreu com a atividade das enzimas aos cinco dias após a semeadura (variando de 14,55 a 59,86 µmol de NAD+g-1 MF min-1 para a malato desidrogenase e de 0,25 a 0,57 µmol de NADPH g-1 MF min-1 para a glicose-6-fosfato desidrogenase). Portanto, pode-se concluir que os testes bioquímicos avaliados podem ser utilizados para identificar o início do processo deteriorativo das sementes de arroz e que temperaturas superiores a 25 ºC depreciam a qualidade destas sementes.

Palabras clave : Oryza sativa; temperatura; respiração; malato-desidrogenase; glicose-6-fosfato-desidrogenase.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons