SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 número2Fenologia e produção do pinhão-manso cultivado com diferentes fontes de adubaçãoSeleção de pré-cultivares de milho-pipoca baseado em índices não-paramétricos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Ciência Agronômica

versão On-line ISSN 1806-6690

Resumo

DARVISHZADEH, Reza et al. Variação genética em tabaco oriental (Nicotiana tabacum L.) por marcadores agro-morfológicos e traços simples de repetição de sequência. Rev. Ciênc. Agron. [online]. 2013, vol.44, n.2, pp.347-355. ISSN 1806-6690.  https://doi.org/10.1590/S1806-66902013000200018.

Os objetivos deste estudo foram avaliar a diversidade genética e determinar as diferenças entre diversos genótipos de tabaco oriental através tratos morfológicos e marcadores moleculares. O delineamento utilizado foi o látice simples com duas repetições e foram avaliados 100 genótipos de tabaco simples. As análises de variância mostarram que há pouca alto nível de diversidade genética nos tabacos to tipo oriental baseado nos tratamentos morfológicos incluindo número de folhas, dias para os 50% do florescimento, comprimento da folha, largura da folha, peso fresco da folha, peso seco da folha e maior comprimento e espessura do caule. A classificação dos genótipos usando o método de dados morfológicos por médias de grupos pareados não ponderados usando média aritmética (UPGMA) algoritmo baseado nas distâncias Euclidianas quadradas padronizadas resultou quatro grupos distintos de acordo co a própria distribuição geográfica. Nas investigações dos marcadores moleculares, um total de 13 repetições de sequências simples (RSS) de iniciadores pares foram utilizados para determinar o polimorfismo do germoplasma de teste. Trinta e cinco alelos foram marcados em 13 locos RSS. O numero médio de alelos por loco (na) e o número de alelo efetivo (Ae) forma 2,69 e 2,34, respectivamente. Utilizando os dados RSS, coeficientes de similaridade de Jaccard foram produzidos. O agrupamento de genótipos através dos coeficientes de similaridade de Jaccard e usando o método de agrupamento UPGMA que considera três grupos que não tiveram algum alojamento com suas próprias origens. Os resultados revelaram que revelaram que não estão completamente de acordo para classificação baseada em agro-morfológicas por loco e RSS em tabacos do tipo oriental. Por causa da não influencia dos efeitos ambientais no marcador molecular, grupos heteróticos com base em marcadores SSR poderiam estar mais próximos da realidade.

Palavras-chave : Análise de agrupamento; Diversidade genética; Distância Euclidiana; Similaridade de Jaccard; Tabaco oriental.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons