SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue3The influence of chemical activation on hardness of dual-curing resin cementsEffect of the diameter on Cu-Al post retention author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Oral Research

Print version ISSN 1806-8324On-line version ISSN 1807-3107

Abstract

MAGNANI, Maria Beatriz Borges de Araújo et al. Verificação do ângulo nasolabial em jovens brasileiros melanodermas com oclusão normal. Braz. oral res. [online]. 2004, vol.18, n.3, pp.233-237. ISSN 1807-3107.  https://doi.org/10.1590/S1806-83242004000300010.

Os indivíduos melanodermas possuem características craniofaciais diferentes das apresentadas pelas demais raças, principalmente por leucodermas que, normalmente, são considerados como padrão nas análises cefalométricas utilizadas rotineiramente no diagnóstico e planejamento dos tratamentos ortodônticos. São, portanto, necessárias novas pesquisas que permitam um diagnóstico mais acurado e específico para esse grupo étnico. Os pesquisadores desenvolveram esta pesquisa com o objetivo de verificar valores médios do ângulo nasolabial em jovens melanodermas brasileiros com oclusão clinicamente normal e de verificar a ocorrência de dimorfismo sexual. Foram selecionadas 36 telerradiografias de cabeça, tomadas em norma lateral, de indivíduos brasileiros melanodermas, na faixa etária de 10 a 14 anos, de ambos os sexos, com oclusão clinicamente normal e que nunca se submeteram a tratamento ortodôntico, provenientes dos arquivos do Setor de Documentação Científica do Curso de Pós-Graduação em Ortodontia da Faculdade de Odontologia de Piracicaba da Universidade Estadual de Campinas. Sobre essas radiografias foram delimitados os pontos e as linhas que dão origem ao ângulo nasolabial, o qual foi traçado e medido por um único pesquisador. Após análise estatística e avaliação dos resultados, concluiu-se que o ângulo nasolabial em indivíduos jovens brasileiros melanodermas apresenta-se mais agudo, ou seja, o perfil tegumentar apresenta-se mais protruso. Os valor médio obtido para a amostra toda foi 88,14º ± 12,52º. O ângulo nasolabial foi estatisticamente menor no sexo feminino (p < 0,05), demonstrando a existência de dimorfismo sexual.

Keywords : Cefalometria; Oclusão dentária; Ortodontia; Grupo ancestral do continente africano; Ângulo nasolabial.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License