SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número4Sorção de água de cimentos de ionômero de vidro modificados por resina fotoativados com LEDPrevalência de cárie dentária em crianças nascidas prematuramente e a termo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Oral Research

versão impressa ISSN 1806-8324versão On-line ISSN 1807-3107

Resumo

FONSECA, Tabajara Sabbag et al. Retenção de pinos radiculares variando-se a técnica de aplicação do sistema adesivo e do agente cimentante. Braz. oral res. [online]. 2006, vol.20, n.4, pp.347-352. ISSN 1806-8324.  http://dx.doi.org/10.1590/S1806-83242006000400012.

O objetivo deste trabalho foi avaliar in vitro a retenção de pinos intra-radiculares variando-se a técnica de aplicação do agente adesivo e do cimento resinoso dual no espaço protético preparado para a recepção do pino. Sessenta caninos superiores tratados endodonticamente tiveram as coroas descartadas e as raízes incluídas em resina acrílica. Os espaços protéticos foram preparados com broca de Largo acionada por micromotor acoplado a um paralelômetro, a fim de manter constantes o comprimento e diâmetro dos pinos intra-radiculares e o paralelismo dos preparos após a fundição. Os pinos foram divididos aleatoriamente em 2 grupos (n = 30) conforme a técnica de aplicação do agente adesivo: com "microbrush" ou com pincel (controle). Cada grupo foi subdividido em três subgrupos (n = 10) segundo a técnica de aplicação do agente cimentante: com o próprio pino, com broca de lentulo previamente ao posicionamento do pino ou associação dos dois modos. Após 72 horas do processo de cimentação, os pinos foram tracionados pela Máquina Universal de Ensaios (Instron 4444) à velocidade de 1 mm/min. Os resultados mostraram diferença estatística significante (p < 0,001) entre as técnicas de aplicação do agente adesivo com "microbrush" (0,1740 ± 0,04 kN) e pincel (0,1369 ± 0,04 kN). Em relação à técnica de aplicação do cimento no interior do espaço protético, a da associação entre lentulo e pino (0,1787 ± 0,03 kN) foi estatisticamente diferente (p < 0,001) das do lentulo (0,1461 ± 0,065 kN) e do pino (0,1416 ± 0,03 kN) isoladamente. As interações entre as técnicas de aplicação do agente adesivo e do agente cimentante apresentaram diferença estatística (p < 0,001). Concluiu-se que as interações entre as técnicas de aplicação do agente adesivo com "microbrush" e aplicação do agente cimentante com lentulo (0,1961 ± 0,04 kN) e com lentulo e pino associados (0,1911 ± 0,02 kN) propiciaram os maiores valores da força de tração.

Palavras-chave : Adesivos; Resistência à tração; Técnica para retenção intra-radicular; Cimentos dentários.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons