SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número5Avaliação radiográfica da limpeza de canais radiculares, principal e laterais, utilizando diferentes métodos de irrigação finalEfeito da laserterapia na resposta inflamatória induzida por medicamentos endodônticos implantados em tecido subcutâneo de ratos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Odontologia da UNESP

versão On-line ISSN 1807-2577

Resumo

OLIVEIRA, Ana Luísa Botta Martins de; LORENZETTI, Camila Cruz; GARCIA, Patrícia Petromilli Nordi Sasso  e  GIRO, Elisa Maria Aparecida. Efeito do acabamento e polimento na estabilidade de cor de uma resina composta nanoparticulada imersa em diferentes meios. Rev. odontol. UNESP [online]. 2014, vol.43, n.5, pp.338-342. ISSN 1807-2577.  http://dx.doi.org/10.1590/rou.2014.054.

OBJETIVO:

O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do acabamento e polimento na estabilidade de cor da resina nanoparticulada Filtek Z350 XT em função de diferentes meios de imersão.

MATERIAL E MÉTODO:

Espécimes circulares (10 mm de diâmetro e 2 mm de espessura) foram preparados para cada grupo (n=6) utilizando uma matriz de aço inoxidável. Os grupos experimentais foram divididos de acordo com a presença ou ausência de acabamento e polimento e diferentes meios de imersão (saliva artificial, Suco artificial pronto KAPO(r) da Coca Cola(r) sabores: abacaxi, laranja, morango e uva). Os procedimentos de acabamento e polimento foram realizados com discos de lixa Super-Snap(r). Os espécimes permaneceram em saliva artificial por 24 horas (baseline) e foram submetidos à análise da cor usando um espectrofotômetro pelo sistema CIELab. Em seguida, foram imersos nos diferentes meios por 5 minutos, 3 vezes ao dia, com intervalos de 4 horas, durante 60 dias. Os espécimes foram mantidos em saliva artificial a 37±1°C nos intervalos entre as imersões. Após este período foi realizada nova leitura de cor. Os dados foram analisados com os testes de Kruskall-Wallis e Mann-Whitney. O nível de significância foi de 5%.

RESULTADO:

Os resultados mostraram que o acabamento/polimento não influenciou significativamente a estabilidade de cor da resina composta (p>0,05). Não houve diferença estatisticamente significativa na estabilidade de cor da resina estudada após a imersão nos diferentes meios (p>0,05).

CONCLUSÃO:

O acabamento e polimento e os meios de imersão não apresentaram influência na estabilidade de cor da resina nanoparticulada Filtek Z350 XT.

Palavras-chave : Resinas compostas; cor; polimento dental.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )