SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número1Influência dos métodos de um ou dois estágios para polimerização de próteses totais na adaptação e movimentação de dentesAnálise da capacidade de remoção de pigmentos da resina composta pelo peróxido de hidrogênio 35% índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Odontologia da UNESP

versão On-line ISSN 1807-2577

Resumo

BOLDIERI, Thalita et al. Desempenho de métodos baseados em indução de fluorescência na avaliação da remoção de dentina cariada. Rev. odontol. UNESP [online]. 2016, vol.45, n.1, pp.47-52.  Epub 12-Fev-2016. ISSN 1807-2577.  http://dx.doi.org/10.1590/1807-2577.12615.

Introdução

Critérios clínicos vêm sendo utilizados para determinação da presença de tecido cariado remanescente, mas geram dúvidas, tornando-se relevante a utilização de métodos que auxiliem na determinação da presença de cárie dentária remanescente.

Objetivo

Avaliar in vitro a eficácia de métodos de indução de fluorescência no diagnóstico da remoção de tecido cariado artificial dentinário.

Material e método

O esmalte oclusal de 94 terceiros molares humanos hígidos foi removido, expondo a dentina subjacente, para indução microbiológica de lesão de cárie artificial. Após a remoção do tecido cariado induzido, o remanescente dentinário foi avaliado por dois examinadores com DIAGNOdent, DIAGNOdent pen e Quantitative Light-Induced Fluorescence (QLF). Após todas as avaliações, secções dos dentes foram observadas e fotografadas em lupa estereoscópica com 30× de aumento por um examinador independente. As imagens foram analisadas no software Image J, permitindo a quantificação de tecido remanescente em milímetros quadrados. Foi calculada a reprodutibilidade interexaminador através de coeficiente intraclasse, sensibilidade, especificidade e área sob a curva ROC, e o teste de McNemar (p<0,05) foi aplicado para comparação dos diferentes métodos.

Resultado

Dos 94 dentes, 51 (54,2%) apresentaram remanescente de tecido cariado. Os valores de sensibilidade, especificidade e área sobre a curva ROC foram semelhantes para os três grupos (p>0,05). Os valores de reprodutibilidade variaram entre 0,952 e 0,978.

Conclusão

Dentre os métodos utilizados, o DIAGNOdent e o DIAGNOdent pen apresentaram melhor desempenho na avaliação da presença de cárie artificial remanescente quando comparados ao QLF.

Palavras-chave : Cárie dentária; diagnóstico; fluorescência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )