SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número6Comparação clínica de implantes curtos e convencionais instalados na região posterior da mandíbula. Estudo pilotoAvaliação de rugosidade, dureza e superfície dos cimentos de ionômero de vidro após diferentes sistemas de acabamento e polimento índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Odontologia da UNESP

versão On-line ISSN 1807-2577

Resumo

RIBEIRO, Isabella Lima Arrais; NOBREGA, Johnys Berton Medeiros da; VALENCA, Ana Maria Gondim  e  CASTRO, Ricardo Dias de. Preditores para o câncer oral no Brasil. Rev. odontol. UNESP [online]. 2017, vol.46, n.6, pp.325-329.  Epub 21-Nov-2017. ISSN 1807-2577.  http://dx.doi.org/10.1590/1807-2577.06117.

Introdução

A incidência de câncer de lábio, cavidade bucal e orofaringe no Brasil é uma das maiores do mundo.

Objetivo

Este estudo teve como objetivo identificar preditores para o câncer bucal no Brasil entre 2010 e 2013.

Método

Mediante um estudo de série temporal em que foram avaliados 14.959 diagnósticos primários de câncer de cabeça e pescoço. As variáveis de interesse foram: gênero, idade, raça, nível de escolaridade, histórico familiar de câncer, consumo de álcool, tabagismo e diagnóstico anterior de câncer. A variável desfecho foi dividida em “câncer de boca” e “câncer de outras regiões de cabeça e pescoço”. Os dados foram analisados por regressão logística binária múltipla; α = 5%.

Resultado

O fator de proteção foi: ter aproximadamente 12 anos de escolaridade (OR = 0,85). Os fatores de risco foram: ser um ex-consumidor (OR = 1,19) ou consumidor (OR = 1,11) de álcool, tabagismo (OR = 1,35) e o diagnóstico prévio de câncer sem tratamento (OR = 1,21).

Conclusão

Concluiu-se que o câncer bucal possui os seguintes preditores em comparação com outros tipos de câncer de cabeça e pescoço durante o mesmo período: ter aproximadamente 12 anos de estudo (fator de proteção) e ser ex-consumidor ou consumidor de álcool, tabagismo e ter tido um diagnóstico prévio de câncer sem tratamento (fatores de risco).

Palavras-chave : Câncer; saúde pública; determinantes sociais; epidemiologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )