SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número6Avaliação de rugosidade, dureza e superfície dos cimentos de ionômero de vidro após diferentes sistemas de acabamento e polimentoFatores associados à presença de biofilme oral em pacientes internados na UTI índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Odontologia da UNESP

versão On-line ISSN 1807-2577

Resumo

SILVA, Rita de Cássia; FERREIRA, Raquel Conceição; TRAVASSOS, Denise Vieira  e  VARGAS, Andréa Maria Duarte. A prótese parcial removível acrílica na atenção primária: experiência e satisfação dos cirurgiões dentistas. Rev. odontol. UNESP [online]. 2017, vol.46, n.6, pp.336-342.  Epub 30-Nov-2017. ISSN 1807-2577.  http://dx.doi.org/10.1590/1807-2577.03517.

Introdução

As diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal orientaram para a inclusão de próteses elementares no rol de procedimentos da Atenção Primária em saúde bucal.

Objetivo

Avaliou-se a experiência e satisfação dos cirurgiões-dentistas com relação à execução de Prótese Parcial Removível Acrílica no serviço público.

Metodologia

A amostra foi composta de 159 cirurgiões-dentistas (cálculo amostral) da rede de atenção primária de Belo Horizonte, selecionados através de sorteio (amostra aleatória simples). Para a coleta de informações, construiu-se um questionário estruturado, com 72 questões inerentes à prática diária de sua execução. Para aplicação do questionário e facilitar a análise estatística dos resultados, utilizou-se a plataforma SurveyMonkey.

Resultado

Para a maioria dos profissionais, a inclusão da prótese parcial removível acrílica como procedimento da Atenção Primária foi uma iniciativa positiva e a maioria teve boa experiência com as diversas fases de sua confecção. Os dentistas graduados em instituições privadas relataram ter mais insucessos do que os das instituições públicas. Verificou-se que quanto mais preparado se sentiu o dentista, menos dificuldade na confecção e menos relato de insucesso. Quanto mais satisfeito com a realização, maior ausência de insucesso. Com relação à indicação, a maioria o fez segundo o protocolo da instituição (somente para dentes anteriores) mas muitos revelaram a confecção incluindo também os pré-molares.

Conclusão

A prótese parcial acrílica tem sido realidade no contexto social brasileiro mesmo antes da inclusão na Atenção Primária, o que dimensiona a sua relevância. No entanto, faz-se necessário ter sua confecção sistematizada por um protocolo próprio nos serviços públicos.

Palavras-chave : Prótese parcial removível; cirurgiões-dentistas; satisfação no trabalho; protocolos clínicos.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )