SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49Evaluation of the Residency Programs of the Federal University of Rio Grande do Sul from the residents’ viewMicrographic evaluation of different widia compositions of orthodontic pliers submitted to peracetic acid and intensive use author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Odontologia da UNESP

Print version ISSN 0101-1774On-line version ISSN 1807-2577

Abstract

MENDES, Juliana da Silva; MONTAGNER, Francisco; MELO, Tiago André Fontoura de  and  LUISI, Simone Bonato. Avaliação de dentes monorradiculares artificiais utilizados para treinamento endodôntico. Rev. odontol. UNESP [online]. 2020, vol.49, e20200018.  Epub July 22, 2020. ISSN 1807-2577.  http://dx.doi.org/10.1590/1807-2577.01820.

Introdução

É desafio do ensino pré-clínico em Endodontia fornecer aos alunos dentes artificiais que reproduzam a morfologia dos dentes humanos.

Objetivo

Comparar a morfologia interna e externa de dentes artificiais monorradiculares com dados da literatura sobre dentes humanos.

Material e método

Os dentes artificiais foram doados pelos fabricantes: Fábrica de Sorrisos, empresa A, (n=20), e IM do Brasil Ltda., empresa B, (n=20). Foi realizada mensuração do comprimento total do dente e da raiz, da altura, das dimensões vestibulopalatina e mesiodistal da coroa, com paquímetro digital. A descrição morfológica das raízes, coroas e câmaras pulpares foi realizada. A localização topográfica do forame apical principal foi avaliada após exploração dos canais com instrumento endodôntico tipo K #15 até este atingir visualmente o ápice radicular. Os dados foram dispostos em uma planilha de cálculo e realizou-se a análise estatística [ANOVA e pós-teste de Tukey (α=5%)].

Resultado

A amostra de caninos superiores da empresa B apresentou todas as variáveis dentro dos padrões morfométricos descritos na literatura. Em relação às morfologias interna e externa, a amostra de incisivos laterais superiores da empresa A foi a única a apresentar todas as variáveis dentro dos padrões descritos na literatura. Em relação à localização topográfica foraminal, os dentes da empresa A, assim como o canino inferior da empresa B, apresentaram tendência à posição distalizada e centralizada, vindo ao encontro da literatura.

Conclusão

Nenhum dente artificial estudado apresentou total similaridade morfológica e morfométrica com a literatura analisada, diferindo em pelo menos uma das variáveis, sendo indicada aos fabricantes uma revisão dos seus modelos.

Keywords : Dente artificial; educação; endodontia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )