SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número3Valores de eficácia do pênalti na condição de vencedor ou vencido em polo aquáticoInfluência da suplementação aguda e crônica de creatina sobre marcadores enzimáticos de dano muscular de ratos sedentários e exercitados com natação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Educação Física e Esporte

versão impressa ISSN 1807-5509

Resumo

DIAS, Cláudia; CRUZ, José Fernando  e  FONSECA, António Manuel. Emoções, "stress", ansiedade e "coping": estudo qualitativo com treinadores de nível internacional. Rev. bras. educ. fís. esporte (Impr.) [online]. 2010, vol.24, n.3, pp.331-342. ISSN 1807-5509.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-55092010000300004.

A influência dos fatores e processos psicológicos no desempenho desportivo dos atletas está, de uma forma geral, amplamente demonstrada; todavia, poucas investigações procuraram estudar esta relação nos treinadores. Neste sentido, empregando uma entrevista semi-estruturada, a presente investigação procurou, junto de seis treinadores de elite com idades compreendidas entre os 55 e os 63 anos (M = 59 ± 3,03) de diversas modalidades, identificar as características/competências psicológicas mais importantes para o sucesso desportivo, as principais fontes de "stress" e ansiedade experienciadas e as estratégias de "coping" a que recorriam em situações estressantes e/ou problemáticas, adicionalmente, pretendeu explorar o papel de outras emoções no seu desempenho. Os resultados revelaram que: 1) a motivação era uma das competências/características psicológicas percepcionadas pelos treinadores como mais importantes para o sucesso; 2) as principais fontes de "stress" estavam relacionadas com preocupações com o desempenho dos atletas, sendo comuns a diferentes modalidades; 3) os treinadores recorriam a diversas estratégias de "coping" em simultâneo, geralmente adaptativas; e 4) para além da ansiedade, outras emoções, positivas e negativas, pareciam influenciar o desempenho dos treinadores.

Palavras-chave : Stress; Ansiedade; Coping; Emoções; Treinadores; Estudo qualitativo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons