SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue4Diversity and efficiency of the space creation dynamics and cooperation rate in basketball teams: age effectChallengers in nuclear family studies: first steps in data analysis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte

Print version ISSN 1807-5509

Abstract

FORTES, Leonardo de Sousa  and  FERREIRA, Maria Elisa Caputo. Comparação da insatisfação corporal e do comportamento alimentar inadequado em atletas adolescentes de diferentes modalidades esportivas. Rev. bras. educ. fís. esporte [online]. 2011, vol.25, n.4, pp. 707-716. ISSN 1807-5509.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-55092011000400014.

A insatisfação corporal (IC) é considerada sintoma de primeira ordem no desencadeamento dos transtornos alimentares (TAs). O ambiente atlético tem fatores peculiares que parecem potencializar o risco do surgimento de TAs nos atletas. O objetivo do presente estudo foi comparar a IC e o comportamento alimentar inadequado (CAI) entre atletas adolescentes de diversas modalidades esportivas e diferentes níveis competitivos, utilizando o índice de massa corporal (IMC), o percentual de gordura e a idade como covariáveis. A amostra do estudo foi constituída por 580 atletas de diversas modalidades, de ambos os sexos, com idades entre 10 e 19 anos. Utilizou-se o BSQ e o EAT-26 para mensurar a IC e o CAI, respectivamente. Peso e estatura foram aferidos para calcular-se o IMC. A gordura relativa foi estimada aferindo-se as dobras cutâneas triciptal e subescapular. Foi conduzida análise univariada de covariância (ANCOVA) para comparar IC e CAI entre níveis competitivos e modalidades esportivas, segundo sexo. Em relação aos resultados, dois aspectos merecem destaque. O primeiro é que identificou-se diferença de IC entre basquetebolistas e handebolistas do sexo masculino (p < 0,05). Já o segundo ponto a ser destacado, é a diferença encontrada de CAI entre voleibolistas e atletas de nado sincronizado do sexo feminino (p < 0,05). Os resultados do presente estudo permitem concluir que o padrão alimentar de esportistas adolescentes, praticantes de modalidades com características distintas, foi semelhante, havendo diferenças em poucas modalidades esportivas.

Keywords : Imagem corporal; Transtornos alimentares; Esporte.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese