SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue1Learning of a motor serial skill in different stages of developmentEffects of different breathing patterns on the performance and the arm stroke in the front Crawl author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte

Print version ISSN 1807-5509

Abstract

LIMA, Cláudio Olivio Vilela; MATIAS, Cristino Julio Alves da Silva  and  GRECO, Pablo Juan. O conhecimento tático produto de métodos de ensino combinados e aplicados em sequências inversas no voleibol. Rev. bras. educ. fís. esporte [online]. 2012, vol.26, n.1, pp. 129-147. ISSN 1807-5509.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-55092012000100013.

O objetivo desta pesquisa foi investigar as diferenças entre os métodos de ensino situacional e tradicional no desenvolvimento do conhecimento tático declarativo e processual nas sessões de treinamento de voleibol, bem como observar a influência da ordem de aplicação desses métodos no conhecimento tático. A amostra foi composta por 36 estudantes (sexo masculino - faixa etária de 12 a 14 anos), sendo 22 destes inscritos nas equipes escolares de voleibol e 14 não praticantes de voleibol (grupo controle). Um grupo iniciou o processo de ensino-aprendizagem-treinamento pelo método situacional (GST) e outro pelo método tradicional (GTS). Ao final de 15 sessões o método foi invertido e realizado o mesmo número de sessões. Para confirmar a execução do método de ensino foi empregada a observação e categorização dos treinos (STEFANELLO, 1999). Para a avaliação do conhecimento processual foi utilizado o teste KORA (MEMMERT, 2002), no parâmetro tático reconhecer espaços. Já no declarativo usou-se o teste de Conhecimento Tático em Situação de Ataque de Rede (PAULA, 2000). Os três grupos no pré-teste demonstram estar inicialmente no mesmo patamar de conhecimento tático declarativo e processual. No GST, ao se aplicar o método situacional (referente às 15 sessões iniciais), não houve diferença significativa no conhecimento tático declarativo, mas houve no processual convergente e divergente. Já no GTS, ao empregar o método tradicional, não se confirmou o desenvolvimento de nenhum dos conhecimentos táticos. Ao efetuar a inversão do método de ensino, no GST (30 sessões na sequência situacional-tradicional) foi apurada melhoria significativa de ambos os conhecimentos táticos processuais. Entretanto, o mesmo não ocorreu no GTS na sequência tradicional-situacional. Os resultados indicam que a sequência de treinamentos referentes ao GST proporcionou melhoras relevantes na inteligência e na criatividade tática dos jogadores.

Keywords : Cognição e ação; Ensino-aprendizagem-treinamento; Jogos esportivos coletivos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese