SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue2Sport's and fight's pedagogy: searching for approachesAnalysis of motor performance in timing anticipatory tasks in elderly practioners of interception sports author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Educação Física e Esporte

Print version ISSN 1807-5509

Abstract

CHAVES, Raquel Nichele de et al. Variabilidade na coordenação motora: uma abordagem centrada no delineamento gemelar. Rev. bras. educ. fís. esporte [online]. 2012, vol.26, n.2, pp.301-311. ISSN 1807-5509.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-55092012000200012.

O propósito deste estudo foi estimar a contribuição dos fatores genéticos e ambientais na variabilidade do desempenho interindividual na coordenação motora. A amostra foi constituída por 64 pares de gêmeos portugueses, com idades entre cinco e 14 anos. Avaliou-se o desempenho da coordenação através das quatro provas da bateria KTK: equilíbrio à retaguarda (ER); saltos monopedais (SM); transposição lateral (TL); saltos laterais (SL). Calculou-se o coeficiente de correlação intraclasse (t), sendo estimada a contribuição dos fatores genéticos (a2), ambientais comuns (c2) e únicos (e2). Os resultados mostram valores de t mais elevados entre gêmeos monozigóticos, sugerindo presença de fatores genéticos. Entretanto, estimativas de a2 foram baixas, variando entre 15% (TL) e 41% (SM), enquanto para c2 situaram-se entre 46% (SL) e 58% (TL), e para e2 entre 11% (SM) e 28% (TL). Conclui-se que fatores ambientais são responsáveis pela maior parcela de influência na variabilidade do desempenho na coordenação motora.

Keywords : Coordenação Motora; Genética quantitativa; KTK.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License