SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue3Foucault's bodies: a genealogy of foucaultian's studies in the academic field of Physical Education in Brazil and ArgentinaEffect of instability of the surface in the stride length and angle of the arm of babies during the gait acquisition author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Educação Física e Esporte

Print version ISSN 1807-5509

Abstract

CECHIN, Fernando Machado et al. Motivação competitiva de "squashistas" juvenis federados. Rev. bras. educ. fís. esporte [online]. 2014, vol.28, n.3, pp.469-480. ISSN 1807-5509.  http://dx.doi.org/10.1590/1807-55092014000300469.

A Motivação Competitiva (MC) é uma característica de personalidade fundamental no contexto dos esportes. Recentemente foi proposto um modelo de avaliação da MC chamado Modelo Tridimensional de Avaliação da Motivação Competitiva (MTAMC). Esse modelo supõe que a MC possui três orientações competitivas distintas: Orientação à Vitória (OV), Orientação à Performance (OP) e Orientação ao Status (OS). O objetivo da presente pesquisa foi explorar e comparar o perfil motivacional competitivo de 35 "squashistas" juvenis federados, de ambos os sexos e com idades entre 13 e 18 anos. Para tanto, essa amostra respondeu a Escala Balbinotti de Motivos à Competividade no Esporte (EBMCE-18). Os dois principais resultados foram: 1) as orientações foram OP, OV e OS, nessa ordem, sendo que OP e OV é o único dos três pares analisados que não se diferencia estatisticamente; 2) a variável sexo não influenciou a intensidade das respostas em qualquer das três orientações testadas. Novos estudos devem explorar se na diferença não significativa encontrada entre OP e OV houve a influência do tamanho da amostra.

Keywords : Competitividade; "Squash"; Motivação; Psicometria.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )