SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número4Legados de megaeventos esportivos: considerações a partir de uma perspectiva crítica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Educação Física e Esporte

versão impressa ISSN 1807-5509versão On-line ISSN 1981-4690

Resumo

PEREIRA, Benedito. Biogenêse mitocondrial e exercício físico: hipótese do acoplamento elétrico-transcripcional. Rev. bras. educ. fís. esporte [online]. 2015, vol.29, n.4, pp.687-703. ISSN 1981-4690.  https://doi.org/10.1590/1807-55092015000400687.

Uma das principais modificações ocorridas no organismo em decorrência do treinamento físico-esportivo envolvendo exercícios físicos de longa duração é o aumento na quantidade e qualidade funcional de mitocôndrias do tecido muscular esquelético. Não existe até o momento um mecanismo causal explicativo para esse fenômeno. A proposta a ser discutida neste ensaio é denominada por "hipótese do acoplamento elétrico-transcripcional". Segundo a mesma, modificações na atividade elétrica celular, principalmente de despolarização membranar, constituem-se em método de controle e regulação dos processos de biossíntese no organismo multicelular. Por exemplo, estudos que provocaram hiperpolarização artificial em células somáticas induziram diferenciação celular e supressão da proliferação, sendo que o contrário ocorreu com a despolarização. Ou seja, a despolarização celular durante o exercício físico devido a contração muscular intensa e constante pode ativar processos responsáveis por biossínteses e, possivelmente, duplicação de mitocôndria.

Palavras-chave : Bioenergética; Bioeletricidade; Estresse oxidativo; Metabolismo; Resistência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )