SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue2Effects of corticosteroids in very low birth weight newborns dependent on mechanical ventilationComplement levels in Brazilian children during and after meningococcal meningitis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Clinics

Print version ISSN 1807-5932On-line version ISSN 1980-5322

Abstract

ETCHEBEHERE, Maurício et al. Evolução dos pacientes com condrossarcoma grau I em relação ao tipo de tratamento cirúrgico. Clinics [online]. 2005, vol.60, n.2, pp.121-126. ISSN 1980-5322.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-59322005000200007.

OBJETIVO: Avaliar a evolução oncológica de portadores de condrossarcomas grau I de acordo com o tipo de tratamento cirúrgico efetuado. Existe controvérsia em relação à necessidade de ressecções agressivas para obtenção de uma evolução clínica favorável. MATERIAIS E MÉTODOS: Os prontuários de 23 portadores de condrossarcoma grau I foram analisados. A idade dos pacientes variou de 11 a 70 anos com média de 38,4 anos, 52% eram homens e 48% mulheres. O local mais acometido foi o fêmur com 13 pacientes. Dezessete lesões (74%) foram classificadas como IA e seis (26%) como IB. Setenta e quatro por cento dos tumores eram medulares, 22% eram periféricas e uma lesão indeterminada. O tamanho dos tumores variou de 2 a 25 cm, média de 7,9 cm. Onze pacientes foram submetidos a ressecção intralesional, nove a ressecção ampla e três a ressecção radical. O seguimento variou de 24 a 192 meses. RESULTADOS: Complicações não oncológicas ocorreram em sete pacientes. Nenhum dos pacientes apresentou recidiva local ou metástase. Estes dados sugerem que os procedimentos cirúrgicos menos agressivos são seguros para o tratamento dos pacientes com condrossarcoma grau I.

Keywords : Condrossarcoma; Resultado de tratamento; Curetagem.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License