SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue3Study of warm ischemia followed by reperfusion on a lower limb model in rats: effect of allopurinol and streptokinaseCoronary revascularization with the left internal thoracic artery and radial artery: comparison of short-term clinical evolution between elective and emergency surgery author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Clinics

Print version ISSN 1807-5932On-line version ISSN 1980-5322

Abstract

DEHEINZELIN, Daniel; LOURENCO, Maria Teresa Cruz; COSTA, Célia Lidia da  and  YOUNES, Riad Naim. O nível de dependência da nicotina é um fator de risco independente para o câncer: um estudo caso-controle. Clinics [online]. 2005, vol.60, n.3, pp.221-226. ISSN 1980-5322.  https://doi.org/10.1590/S1807-59322005000300007.

OBJETIVO: Menos de 20% dos fumantes crônicos desenvolverá cancer. As características do hábito de fumar, particularmente o nível de dependência à nicotina, não foram avaliadas inteiramente como um marcador do risco. MÉTODOS: Estudo caso-controle de pacientes voluntários, registrados prospectivamente em um programa de cessação de tabagismo em um hospital de cancer. Para cada caso de cancer, pacientes da mesma idade e sexo foram selecionados. O inventário de depressão de Beck, um instrumento validado para diagnóstico de estado depressivo e depressão clínica e o questionário de tolerância de Fagerstron , que é usado para determinar o grau de dependência e tem boa correlação com níveis de nicotina, foram aplicados. Idade na admissão ao estudo, sexo, número de maços-anos fumados foram avaliados também. RESULTADOS: De maio de 1999 a maio de 2002, 56 pacientes de câncer (caso) e 85 controles pareados (controle) foram identificados na população estudada . Não houve diferença quanto ao número de maços-ano. O questionário de tolerância de Fagerstron foi significativamente mais elevado nos pacientes com câncer (7.5 ± 1.9) comparado aos controles (6.3 ± 2.0). Encontramos um questionário de tolerância de Fagerstron > 7 em 73.2% dos casos de câncer, contra 43.5% dos controles (p=0.001). A proporção de pacientes deprimidos foi mais elevada no grupo do cancer (37.5% x 17.6%). A regressão logística, ajustada para a idade e o consumo do tabaco, apontou que uma contagem de questionário de tolerância de Fagerstron > 7 tem uma razão de chance para câncer de 3.45 (CI 95% 1.52 - 7.83, p = 0.003). CONCLUSÃO: Resultado no questionário de tolerância de Fagerstron maior que 7 foi identificado como um fator de risco para cancer em fumantes com consumo similar do tabaco.

Keywords : Cessação de tabagismo; Teste de Fagerström; Cancer; Tabaco.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License