SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 número2Beta-fibrilose encefálica e cardíaca em idosos autopsiadosAssociação entre histocompatibilidade genética materno-fetal e desnutrição materna em camundongos: influência no crescimento fetal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Clinics

versão impressa ISSN 1807-5932versão On-line ISSN 1980-5322

Resumo

GONCALVES, Elenice Messias do Nascimento et al. Genotipagem de multilocus de Cryptosporidium hominis associado a surto diarréico em creche de São Paulo. Clinics [online]. 2006, vol.61, n.2, pp.119-126. ISSN 1807-5932.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-59322006000200006.

Mundialmente, diferentes espécies de Cryptosporidium estão relacionadas com doenças diarréicas. No Brasil há poucos dados sobre os genótipos das espécies de Cryptosporidium associadas a infecções. OBJETIVO: No presente estudo, caracterizamos, por métodos moleculares, a espécie e o genótipo de Cryptosporidium sp diagnosticado em surto diarréico ocorrido na creche do Hospital das Clínicas, São Paulo, Brasil. MATERIAL E MÉTODOS: Identificação específica e tipagem dos isolados associados ao surto foram feitos a partir do seqüenciamento de fragmentos de DNA amplificados por PCR dos seguintes loci: a região que codifica o SSUrRNA, o gene que codifica uma proteína do envoltório dos oocistos de Cryptosporidium (COWP), e o locus de microsatélite ML1, representado por seqüências repetitiva de três nucleotídeos GAG contendo substituições que diferem entre os genótipos de Cryptosporidium parvum e Cryptosporidium hominis. RESULTADOS: Um total de 29 amostras positivas para Cryptosporidium associadas ao surto diarréico foi analisado com base nos métodos moleculares acima descritos. O estudo revelou a presença do genótipo ML1 de Cryptosporidium hominis. DISCUSSÃO: A análise molecular reforçou a hipótese de que a transmissão de Cryptosporidium hominis durante o surto diarréico ocorreu de pessoa a pessoa através da rota fecal oral. Esta é a primeira vez que ferramentas moleculares são utilizadas para identificação de espécies e genótipos de isolados acusando a presença do genótipo ML1 em pacientes brasileiros.

Palavras-chave : Diarréia; Cryptosporidium hominis; Parasita; Intestinal; Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons