SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue4Polarized light microscopy of hair shafts aids in the differential diagnosis of Chédiak-Higashi and Griscelli-Prunieras syndromesArterial reconstructions associated with the resection of malignant tumors author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Clinics

Print version ISSN 1807-5932

Abstract

FERNANDES, Hélio Jorge Alvachian; SILVA, Marcos Hideyo Sakaki Jorge dos Santos; REIS, Fernando Baldy dos  and  ZUMIOTTI, Arnaldo Valdir. Estudo multicêntrico comparativo do tratamento de fraturas diafisárias multifragmentárias de tíbia com hastes bloqueadas não-fresadas e placas em ponte. Clinics [online]. 2006, vol.61, n.4, pp. 333-338. ISSN 1807-5932.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-59322006000400010.

OBJETIVOS: Estudo prospectivo e randomizado comparou pacientes com fraturas diafisárias multifragmentárias fechadas de tíbia, tratados com dois métodos de fixação: hastes intramedulares bloqueadas não-fresadas e placas em ponte. MATERIAL E MÉTODOS: Foram estudados 45 pacientes sendo utilizadas 22 placas em ponte e 23 hastes bloqueadas. Todas as fraturas foram tipos B e C (Classificação AO). RESULTADOS: A consolidação clínica e radiográfica ocorreu em todos os casos. Não houve caso de infecção. Verificou-se que o tempo de consolidação dos pacientes que receberam haste foi maior (em média 4,32 semanas) do que o tempo de consolidação daqueles que receberam placa (p = 0,026). Não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre os dois métodos no tocante à mobilidade do tornozelo nos pacientes dos dois grupos. CONCLUSÕES: O tempo de consolidação foi menor com uso de placas em ponte, porém sem diferenças funcionais significantes.

Keywords : Fixação intramedular de fraturas; Fraturas da tíbia; Placas Ósseas; Diáfises; Fraturas cominutivas.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English