SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue4Arterial reconstructions associated with the resection of malignant tumors author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Clinics

Print version ISSN 1807-5932

Abstract

LOPES, Marcel Rezende; AULER JR, José Otávio Costa  and  MICHARD, Frédéric. Avaliação da volemia em pacientes críticos: nova proposta. Clinics [online]. 2006, vol.61, n.4, pp. 345-350. ISSN 1807-5932.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-59322006000400012.

Para ser efetivo em aumentar significativamente o volume sistólico um volume de fluido precisa preencher duas condições : 1- A infusão deste fluido tem que aumentar a pré-carga 2- O aumento da pré-carga tem que promover uma elevação proporcional do volume sistólico Em outras palavras o paciente pode ser não responsivo à infusão de volume em termos de volume sistólico, devido a quantidade de fluidos ainda não ser a necessária ou o coração já estar operando na faixa superior da curva de Frank-Starling. Os indicadores volumétricos da pré-carga cardíaca são úteis para verificar se esta pré-carga aumenta efetivamente durante a infusão de fluido. Em caso negativo, ou seja a pré-carga não aumenta, medidas adicionais como mais fluidos, venoconstrictores para aumentar o quantidade de sangue, ou aumento do retorno venoso por redução da pressão intratorácica podem ser efetivas para atingir a primeira condição: aumento da pré-carga. Delta PP pode ser útil para verificar se o volume sistólico aumenta com a infusão de fluidos. Isto não acontecendo somente drogas inotrópicas podem aumentar o débito cardíaco. Portanto, combinando os indicadores estáticos da pré-carga (PVC, pressão capilar pulmonar) com Delta PP, consegue-se a melhor opção para monitorar a resposta aos fluidos em pacientes críticos.

Keywords : Variação de pressão arterial (DPP); Reação a fluidos; Pré-carga cardíaca; Débito cardíaco.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English