SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 issue2The impact of noninvasive ventilation during the physical training in patients with moderate-to-severe chronic obstructive pulmonary disease (COPD)Isokinetic torque peak and hamstrings/quadriceps ratios in endurance athletes with anterior cruciate ligament laxity author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Clinics

Print version ISSN 1807-5932

Abstract

PRACCHIA, Luís Fernando et al. Estudo metabólico com flúor-18-fluorodeoxiglicose no estadiamento e avaliação de massa residual ou recidiva no linfoma de Hodgkin. Clinics [online]. 2007, vol.62, n.2, pp. 121-126. ISSN 1807-5932.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-59322007000200005.

OBJETIVO: O estudo metabólico com 18F-fluorodeoxiglicose é uma ferramenta útil para o manejo de portadores de linfoma de Hodgkin, tanto como método auxiliar no estadiamento da doença, quanto na avaliação de massas suspeitas encontradas após tratamento. O objetivo deste estudo foi investigar o valor do estudo com 18F-fluorodeoxiglicose em gama câmara híbrida no estadiamento e na detecção de tumor residual em pacientes com linfoma de Hodgkin. MÉTODOS: Trinta e oito pacientes foram incluídos neste estudo retrospectivo, 18 foram avaliados com o estudo metabólico durante o estadiamento (Grupo 1), sendo os resultados do estudo comparados com os obtidos com o estadiamento convencional, que incluiu tomografia e biópsia de medula óssea. Os 20 pacientes restantes realizaram o estudo metabólico devido à presença de massa residual ou de nova lesão suspeita (Grupo 2). RESULTADOS: O estudo metabólico aumentou o estádio de cinco (27%) dos pacientes do Grupo 1 e pôde detectar mais lesões que os métodos convencionais de estadiamento (45 lesões detectadas com 18F-fluorodeoxiglicose versus 33 lesões métodos convencionais). Nos 20 pacientes do Grupo 2, 11 foram 18F-fluorodeoxiglicose positivos e tumor viável foi confirmado em 9 pacientes. Nos 9 pacientes com estudo metabólico negativo, a probabilidade de recidiva em um ano foi de 11.8%. A sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo, valor preditivo negativo e a acurácia do estudo metabólico foram de 90%, 80%, 82%, 89% e 85% respectivamente. CONCLUSÕES: O estudo com 18F-fluorodeoxiglicose apresentou melhor acurácia que os métodos convencionais de estadiamento do Linfoma de Hodgkin e foi útil para o diagnóstico não-invasivo de lesões suspeitas.

Keywords : Fluorodeoxiglicose (FDG); Tomografia por emissão de pósitrons; Linfoma de Hodgkin (LH); Estadiamento de neoplasias.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English