SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 suppl.speAplicação de enxofre em cobertura e qualidade fisiológica de sementes de feijãoDesenvolvimento de mudas de pitaya vermelha (Hylocereus undatus Haw) em diferentes volumes de substrato índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Scientiarum. Agronomy

versão On-line ISSN 1807-8621

Resumo

COSTA, Gilmar Pinto da; SOUZA, Jorge Luiz Moretti de  e  JESUS, Márcia Regina Gomes de. Contraste entre duas metodologias de determinação do potencial agrícola das terras nas vilas rurais no município de Rio Negro, Estado do Paraná. Acta Sci., Agron. (Online) [online]. 2008, vol.30, suppl., pp.687-695. ISSN 1807-8621.  http://dx.doi.org/10.1590/S1807-86212008000500013.

O presente trabalho teve como objetivo identificar e contrastar o potencial agrícola das terras em duas vilas rurais situadas no município de Rio Negro, Estado do Paraná, utilizando duas metodologias consagradas na literatura, denominadas Sistema de Capacidade de Uso (SCU) e Aptidão Agrícola (SAA). As vilas rurais foram escolhidas, por se encontrarem na mesma região e possuírem características distintas quanto às condições de solo e relevo. O contraste entre as metodologias fundamentou-se nos fatores limitantes das terras e nas dificuldades e peculiaridades apresentadas no assentamento de famílias rurais em pequenas áreas. As análises e os resultados evidenciaram que: (a) o SAA mostrou-se mais apropriado do que o SC U para determinar o potencial agrícola das terras nas duas vilas rurais analisadas; (b) tanto o SAA como o SC U indicam que as terras das duas vilas não apresentam potencial agrícola para serem utilizadas com cultivos anuais; (c) o SC U mostrou-se mais restritivo na determinação do potencial agrícola das terras.

Palavras-chave : assentamentos; solos; agricultura familiar; planejamento agrícola.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons